quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Conferência Dr. Gabriel Cousens Porto e Lisboa/Portugal - Madrid/Espanha

Conferência Dr. Gabriel Cousens
Porto e Lisboa/Portugal

o Dr. Cousens passará por Portugal e Espanha com suas palestras imperdíveis: "O Método Natural de Controle do Diabetes" (Portugal) e "Veganismo Holístico" (Espanha).

Cada dia terá também um momento de perguntas e respostas com o próprio Dr. Cousens, além de um período de meditação e uma feira com produtos veganos.

Veja todos os detalhes do evento em Portugal aqui:

Quero participar de sua palestra em Portugal

E para a Espanha aqui:

Quero participar de sua palestra na Espanha

Esta é uma grande oportunidade única de estar ao lado de um verdadeiro mestre espiritual e médico que vai te ajudar a entender e transformar o seu estado de saúde e consciência atual.

Em sua passagem por Portugal você vai aprender:

  • Como controlar o diabetes;
  • A importância da alimentação;
  • Como o diabetes tem afetado nosso mundo;

Quero participar de sua palestra em Portugal

Para mais informações e dúvidas sobre o evento, local e compra clique nos links acima.

---


Se ainda não conhece o Dr. Cousens ou quiser conhecer um pouco mais de sua história, assista agora o vídeo que a Cátia Simionato (representante do Dr. Cousens no Brasil) gravou sobre ele.


Conheça a História do Dr. Gabriel Cousens - Clique Aqui


Informações e valores:  

Data e Horário: 18 de outubro, quinta Feira – 17h às 22h 
Local: Hotel HF Tuela Porto. R. Arquitecto Marques da Silva 200, 4150-365 • Porto/Portugal.
Inscrições e valores: AQUI


Data e Horário: 21 de outubro, domingo – 09h às 16h30
Local: Auditório Alto dos Moinhos - R. João de Freitas Branco 12, 1500-359 • Lisboa 
Inscrições e informações: AQUI




terça-feira, 11 de setembro de 2018

Queijo vegetal fermentado


Um multiprocessador potente e um pouco de paciência são essenciais para essa receita dar certo. Esse queijo é bem cremoso e tem a consistência de “cream cheese”, embora o sabor seja bem mais encorpado. Gosto de usar uma mistura de castanha de caju e de nozes para o sabor ficar mais complexo, mas você pode usar somente girassol se quiser. Nesse caso o resultado será um queijo mais suave. O rejuvelc é a chave dessa receita: é ele que vai trazer os probióticos responsáveis pela fermentação do queijo vegetal.
Ingredientes:
2x de girassol, ou de  amêndoas
20 unidades de castanhas de caju (opcional)
20 unidades de nozes (opcional)
2cc de rejuvelc (qualquer tipo)
3cc de sumo de limão
1cc (rasa) de levedo de cerveja
sal marinho a gosto

Modo de fazer:
Deixe as sementes de girassol/as castanhas de caju /as nozes  de molho por no mínimo 8/12 horas. Escorra e reserve a água.
No processador, triture as sementes de girassol/as castanhas de caju /as nozes  com o rejuvelc.
Acrescente colheradas de água, só o suficiente para fazer as lâminas continuarem girando (cuidado para não colocar água demais e transformar o creme em leite!). Você vai precisar desligar o processador e mexer a pasta com uma espátula várias vezes durante o processo.
Quando a mistura tiver se transformado em um creme espesso (sem pedacinhos de nozes) transfira tudo para um recipiente de vidro, cubra com um pano limpo e deixe fermentar durante 24 horas.
O queijo vai expandir ligeiramente, por isso é importante usar um recipiente que acomode a mistura com sobra (o ideal é que pelo menos 1/3 do recipiente fique vazio, deixando espaço para o queijo expandir durante a fermentação).
Depois do período de fermentação, acrescente os outros ingredientes ao queijo e misture bem. Prove e corrija o sal. Junte um pouco mais de sumo de limão se quiser um queijo mais ácido. À
s vezes também junto uma pitada de pimenta do reino para intensificar o sabor.
Guarde bem tampado na frigorífico. O queijo se conserva uma semana na frigorífico. Rende um pouco mais de 2x.




 #semleite #semdor #queijovegetal

"Carne" de Couve Flor

Para a carne:
1 Chávena de Couve flor, 
1/2 Chávena de nozes, 
1 colher de sopa de levedura nutricional, 
2 colheres de sopa de molho de soja, 
1 colher de sopa de vinagre de vinho, 
1 colher de CAFÉ de "fuminho", 
1 colher de chá de cebola em pó, 
1 colher de chá de alho em pó, 
bata tudo grosseiramente.
Leve ao forno 180°, por 30 minutos sobre uma folha de papel vegetal

Para o molho:
1 colher de sopa de Azeite, 
1 Cebola,
3 dentes de alho, 
1 copo de vinho tinto, 
3 chávenas de tomate picado, 
orégano, pimenta, açúcar, sal e pimenta preta, q.b.
Refogue a cebola o alho no azeite, misture os outros ingredientes e deixe ferver.
Por fim, coloque o manjericão e a mistura da carne de couve flor  já desidratada  sobre uma massa caseira e bom apetite.


segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Pontuação da densidade de nutrientes *ANDI: Substitua calorias por nutrientes

*ANDI (Aggregate Nutrient Density Index)
Índice de Densidade de Nutrientes por Caloria

Com base nos nutrientes  indicados e as calorias dos alimentos construiu-se o ranking do índice ANDI dos alimentos:

Couve                             1000
Agrião                             1000
Espinafre                          707
Rúcula                              604
Couves de Bruxelas         490
Cenouras                          458
Couve Repolho                 434
Brócolis                             340
Couve-Flor                        315
Espargos                           205
Cogumelos                        238
Tomate                              186
Morangos                          182
Batata Doce                      181
Abobrinha                         164
Alcachofra                        145
Mirtilos                              132
Alface                               127
Uvas                                 119
Romãs                              119
Cebolas                            109
Sementes de Linhaça      103
Laranja                               98
Pepino                                87
Tofu                                    82
Sementes de Gergelim      74
Lentilhas                            72
Pêssegos                           65
Sementes de Girassol       64
Feijão                                 64
Ervilhas                              63
Cerejas                              55
Abacaxi                              54
Maçã                                  53
Manga                                53
Manteiga de Amendoim     51
Milho                                  45
Pistachio                            37
Farinha de Aveia               36
Camarão                           36
Salmão                              34
Ovos                                  31
Leite                                  31
Nozes                               30
Bananas                           30
Pão Integral                      30
Amêndoas                        28
Abacate                            28
Arroz Integral                   28
Batata Branca                  28
Iogurte Natural                 28
Cajus                               27
Peito de Frango              24
Carne Picada                  21
Pão Branco                     17
Batatas Fritas                  12
Sumo de Maçã                11
Azeite                              10
Gelado de Baunilha          9
Refrigerante                     1

A alimentação em geral hoje em dia, seja pela facilidade de confecção ou pela falta de tempo, é composta por alimentos é composta, principalmente, por alimentos causadores de doenças. Esse alimentos têm origem em produtos de origem animal e em produtos processados. Para além disso as bebidas que se ingerem contêm açúcar. Por estas razões, cada vez mais existem pessoas que morrem com doenças causadas por más práticas na sua dieta alimentar, seja elas cancro, hipertensão, diabetes, obesidade e outras mais.

A nossa sociedade consumista continua a apoiar iniciativas de empresas que utilizam nos rótulos de produtos processados expressões como "diet" ou "light" para seduzir o consumidor na perspectiva de estar a compra um produto saudável.

O consumo adequado de nutrientes, vitaminas, minerais e muitos outros fitoquímicos, sem ingerir demasiadas calorias, é a solução para melhorar a saúde. A densidade de nutrientes nos tecidos do corpo é proporcional à densidade de nutrientes da dieta alimentar. A ingestão de nutrientes são o combustível essencial para o bom funcionamento do sistema imunitário e permitir que os mecanismos de desintoxicação e reparação das células nos protejam das doenças. Definiu-se, por essa razão, um estilo de dieta que proporciona um rácio elevado de nutrientes por calorias e um nível elevado de variedade de nutrientes.

Para mostrar quais os alimentos têm a maior densidade de nutrientes por caloria, criou-se o índice de densidade de nutrientes agregado, ou ANDI. Este índice permite ver rapidamente quais os alimentos que promovem melhor saúde e nutrientes.

O ANDI classifica o valor nutricional de muitos alimentos comuns, com base na quantidade de nutrientes que fornecem por cada caloria consumida. Ao contrário dos rótulos nos alimentos, onde aparecem apenas apenas alguns nutrientes, a classificação ANDI são baseados em trinta e quatro parâmetros nutricionais importantes. Os alimentos são classificados numa escala de 1-1000, com os vegetais de folhas crucíferos verde escuro a serem os que contêm uma maior densidade de nutrientes, registando um ANDI de 1000. Como os elementos fitoquímicos, em grande parte, não têm nome ou não é possível ser medido, esta classificação de ANDI pode subestimar as propriedades saudáveis ​​dos alimentos coloridos, que existem nos alimentos vegetais. De modo que, a densidade de nutrientes em alimentos integrais naturais pode ser ainda maior do que os valores que a classificação de ANDI indica.

O ANDI mostra o poder nutricional dos vegetais verdes, especialmente comparados com alimentos processados ​​e produtos de origem animal. Mesmo que a atenção seja colocada sobre esses alimentos ricos em nutrientes, a classificação do ANDI também é importante para alcançar uma diversidade de nutrientes, comendo uma variedade adequada de alimentos vegetais de índice ANDI inferiores, para obter grande parte das necessidades humanas. Para que isso aconteça é recomendável que as pessoas incluam na sua dieta alimentos que tenham um ANDI com pontuação superior a 100.

Os nutrientes tidos em conta no cálculo do índice ANDI foram:

Cálcio
Beta-caroteno
Alfa-caroteno
Luteína
Zeaxantina
Licopeno
Fibra
Folato
Glucosinolatos
Ferro
Magnésio
Niacina
Selênio
Tiamina
Riboflavina
A vitamina B6
A vitamina B12
Vitamina C
A vitamina E
Zinco

Foi também tido em conta o Oxygen Radical Absorbance Capacity (ORAC), que mede os antioxidantes incluidos nos alimentos.

overnigts doces e salgados


Receitas:
Ingredientes
§  ½ chávena de aveia em flocos crua
§  1 chávena de bebida vegetal de coco
§  1 colher de sopa de sementes de chia
§  ½ chávena de pêssego ou nectarina cortada em pedaços
§  lascas de coco
Preparo
Combine a aveia, bebida vegetal de coco e as sementes de chia. Misture bem, e cubra com os pedaços de pêssego e as lascas de coco. Leve ao frigorífico e deixe descansar por pelo menos 6 horas antes de consumir.

2. Overnight de aveia de mirtilo, iogurte, sementes de linhaça e raspas de limão.
Ingredientes
§  ½ chávena de aveia em flocos crua
§  1 chávena de iogurte de amêndoa
§  1 colher de sopa de sementes de linhaça
§  ½ chávena de mirtilos (pode substituir por morangos)
§  1 colher de sopa de raspas de limão (altamente recomendo as raspas de limão – o sabor fica incrível)
Preparo
Combine a aveia, a linhaça, o iogurte vegetal, e metade das raspas de limão. Misture bem, e cubra com os mirtilos e o restante das raspas de limão. Leve ao frigorífico e deixe descansar por pelo menos 6 horas antes de consumir.

3. Overnight aveia de maçã, canela, chia, manteiga de amendoim e sultanas
Ingredientes
§  ½ chávena de aveia em flocos crua
§  1 chávena de bebida vegetal
§  1 colher de sopa de sementes de chia
§  1 colher de sopa de manteiga de aamendoim
§  2 tâmaras
§  1 colher de chá de canela
§  ½ chávena de maçã cortada em pedaços
Preparo
Combine a aveia, bebida vegetal, sementes de chia, tâmaras, manteiga de amendoim e metade da canela. Misture bem, cubra com as maçãs e o restante da canela. Leve à frigorífico e deixe descansar por pelo menos 6 horas antes de consumir.

O preparo de um overnight de aveia é muito simples, abaixo compartilho algumas dicas de proporções.
§  Aveia ou em inglês oats: o ingrediente básico do overnight é a aveia. Utilize sempre aveia em flocos, que são simplesmente os grãos inteiros de aveia prensados. Evite as opções que possuem adição de açúcar ou as instantâneas Quanto menos processado ou industrializado, melhor.
§  Líquido e iogurte: utilize duas partes de líquido ou iogurte vegetal para cada parte de aveia. Por exemplo, se for usar meia chávena de aveia, adicione 1 chávena de líquido. Sugestão de líquidos: água, bebida vegetal de soja, bebida vegetal de arroz, bebida vegetal de coco, bebida vegetal de amêndoas, etc.
§  Sementes: adicione uma colher de sementes de chia ou linhaça para cada meia chávena de aveia. A chia é a semente mais utilizada no preparo de overnights de aveia, por ela ter a propriedade de formar uma espécie de mucilagem quando em contato com líquido, deixando as suas receitas de overnights de aveia mais volumosas e grossas. Você pode usar também sementes de linhaça, sementes de girassol, ou até amêndoas e nozes. As sementes, amêndoas e nozes são importantes por serem fontes de gordura saudável, especialmente gorduras omega-3.
§  Frutas: a melhor parte dos overnights de aveia. Eu normalmente utilizo em média meia chávena de frutas para cada meia chávena de aveia. Não existe regra de qual a melhor fruta aqui, mas as mais comumente utilizadas são: mirtilo, morango, banana, pessego, maçã e papaia.
§  Especiarias: aqui fica a critério de cada um. Eu costumo utilizar uma colher de chá de canela, por exemplo, para cada meia chávena de aveia. Sugestão de especiarias: cacao, canela, baunilha, raspas de limão, etc.
§  Açúcar: não utilize açúcar refinado, ou qualquer outro tipo de adoçante no preparo dos overnights de aveia. Se você achar necessário adoçar opte sempre por alternativas natural e não processadas, como o banana, tâmaras, sultanas, figos…
§  Outros: manteiga de amendoim, manteiga de amêndoas e proteína em pó vegetal também podem ser adicionados nos overnights de aveia, principalmente para quem está procurando uma opção com mais proteína. 


 Saladas vivas


Na primeira camada coloque o seu fabuloso molho
Na segunda camada coloque leguminosas ou vegetais da sua preferência, como: tomate-cereja, grão-de-bico, lentilha, quinoa, milho, ervilha, feijão branco e etc…
Na terceira camada coloque os vegetais que não podem encostar no molho, como: tomate picado, pepino, rabanete, cogumelos, beterrabas, palmito e etc..
Na quarta camada é hora de colocar as folhas como: alface, rúcula, agrião, escarola e etc…
E na quinta e última camada coloque os grãos e sementes como: chia, linhaça, nozes e castanhas.
Feche bem o pote e pronto!! Você tem uma salada super deliciosa e bem completa pronta para comer ou levar para qualquer lugar.


#overnightdoces #overnightsalgadas 

Queijo de Mandioca (Aipim ou Macaxeira) Vegan – não vivo!



INGREDIENTES

·         3 chávenas de chá de mandioca cozida e amassada,
·         2 chávenas de chá de água (do próprio cozimento da mandioca),
·         1 chávena de chá de polvilho doce,
·         1 chávena de chá de polvilho azedo,
·         1/2 chávena de chá de azeite,
·         1 colher de chá de flor de sal,
·         1/2 sumo de limão,
·         Q.b. de ervas finas 
·         Q.b. de cúrcuma 
·         Q.b. de pimenta preta moida na hora

MODO DE PREPARO

1.     Leve todos os ingredientes ao liquidificador e bata até ficar homogêneo.
2.     Leve ao fogo médio por aproximadamente 5 a 10 minutos mexendo sempre para não grudar no fundo ou nas laterais, caso comece ferver abaixe o fogo, a massa vai ganhar consistência, após passar este tempo você terá uma massa que desgruda da panela e ao levantar a espátula com a massa terá um fio espesso.
3.     Despeje a massa em potinhos e aperte para modelar os queijos. Em seguida coloque na área fria da sua geladeira por aproximadamente 2 horas. Desenforme e ele estará pronto.


 #queijovegan #semleite


Tarte crua de abóbora - Pumpkin pie


INGREDIENTES DA BASE:
·         1 1/2 chávenas de nozes de macadâmia (ou nozes ou nozes)
·         1/ de 2 chávena Tâmaras ou sultanas
·         1/4 chávena de coco seco
·         1/8 colher de chá de flor de sal

RECHEIO DE TORTA DE ABÓBORA:
·         2 chávenas de castanha de caju
·         2 chávena de abóbora picada
·         1 chávena de cenoura picada (opcional)
·         ½ chávena de óleo de coco
·         1/2 chávena de néctar de agave
·         1/2 chávena de água
·         1 colher de sopa de baunilha
·         1/4 colher de chá de flor de sal
·         1 colher de chá de canela
·         1 colher de café de cravinho da índia em pó
·         1/8 colher de chá de pimenta da Jamaica (opcional)
·         1/8 colher de chá de cravo moído (opcional)
Como fazer:
·         Primeiro, faça a base no seu processador de alimentos:
·         1. Coloque as tâmaras ou sultanas no processador de alimentos. Processe até ficar quebradiço. Adicione as tâmaras ou sultanas, coco e sal. Processe novamente até que esteja bem processado, mas ainda arejado. Aperte entre os dedos. Estão “peganhentos” e ficam juntos? Pronto.
·         2. Despeje a mistura de massa de torta tarteira de fundo solto. Pressione a massa firmemente sobre a tarteira.  A base está agora pronta. (reserve)
·         Em seguida, faça o recheio de torta de abóbora crua:
·         3. Jogue todos os ingredientes da massa de tarte de abóbora no seu liquidificador de alta velocidade e misture de baixo a alto até ficar muito suave! (Tente não adicionar água, só se for mesmo muito necessário. Se não estiver misturando corretamente, pare o liquidificador. Remova a tampa. Insira a espátula no liquidificador - crie uma bolsa de ar. Remova a espátula, coloque a tampa de volta, continue misturando.)
·         4. Despeje o recheio de tarte de abóbora em prato de torta no topo da base. Alise a parte superior da torta com uma faca ou a parte de trás da colher. Cubra com uma tampa ou filme plástico.
·         5. Coloque a torta completa no freezer. Congelar por pelo menos 4 horas.
·        
6. A tarte é muito saborosa e se estiver fria ainda melhor!!! 

 #sobremesasemculpa #semleite #semovos #semgluten

Direitos do Leite da terra

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte poderá ser reproduzida, de forma alguma, sem a permissão formal por escrito do seu autor, excepto as citações incorporadas em artigos e ou postes com os devidos créditos