sexta-feira, 2 de julho de 2021

Leite da Terra, no Facebook só há um... ou assim deveria ser.

 Vou responder publicamente as dezenas de mensagens que tenho recebido.

Esse projecto não é meu. NÃO SOU EU!!!
Nós estamos na internet com o Leite da Terra desde Setembro de 2008, o da fotografia é bem novo, apesar das muitas semelhanças. 😞



quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Queijo de Tremoços! Vegan, mas não cru.

Esta variedade de queijo vegan, apresenta massa de consistência cremosa e esfarelada, com casca húmida e sabor acentuado. Na sua preparação foi introduzida a pasta de PESTO.

A seguir, a massa passa por um processo de maturação de três horas. É esta pasta que dá ao Queijo de Tremoços a aparência sofisticada dos veios verde e um tão sabor especial.

Podem assistir o passo a passo no nosso canal no YouTube!

estamos também no Instagram - https://www.instagram.com/p/CGpBTggsDnF/



INGREDIENTes

  • ü  350 g tremoços descascados

    ü  1 col. chá de alho em pó

    ü  1 col. sopa de Pesto caseiro.

    ü  20 g levedura nutricional

    ü  30 g Maizena

    ü  35 g azeite, 

    ü  350 g água

    ü  40 g de ágar-ágar

    ü  sumo de 1 limão


  • Modo de fazer 
1

Coloque no processador de alimentos os tremoços, o azeite, o sumo de limão, o alho e a levedura nutricional, triture tudo muito bem até ter uma pasta homogenia. desligue o processador, re-arrume os ingredientes no processador e bata mais uma vez. 

2

Num tacho, coloque a água fria, o ágar-ágar e a Maizena leve ao fogo e vá mexendo sempre, assim que a mistura ficar translucida e sem grumos, esta pronto. 

3

Junte tudo no processador, a massa de tremoços e a pasta de ágar-ágar e Maizena. 
Unte um pirex e verta metade do preparado, aqui esta na hora de colocar a pasta de Pesto, ou as nozes, ou as azeitonas ou o que você quiser encontra no seu queijo. Em seguida verta o resto da massa.
Eu deixo arrefecer e levo ao frigorifico de um dia para o outro coberto com pelicula.
ATENÇÃO: os tremoços, em geral, são sempre muito salgados e por isso esse queijo não deve levar nem uma pitadinha de sal. 

Onde estamos?

Os nossos Contactos:


email: Leitedaterra@gmail.com

telemóvel: +351 965493081

Site:
 http://oleitedaterra.com

Blog: 
http://www.leitedaterra.blogspot.com

canal do Youtube: 
https://www.facebook.com/oleitedaterra/
ou
https://www.facebook.com/leite.daterra

Instagram: 
https://www.instagram.com/leite.da.terra/?hl=pt

quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Tarte crua de abóbora - Pumpkin pie

Pumpkin pie 
Tarte de abóbora crua

INGREDIENTES DA BASE:
·         1 1/2 chávenas de nozes de macadâmia (ou nozes ou nozes)
·         1/ de 2 chávena Tâmaras ou sultanas
·         1/4 chávena de coco ralado seco 
·         1/8 colher de chá de flor de sal

RECHEIO DE TORTA DE ABÓBORA:
·         2 chávenas de castanha de caju
·         2 chávenas de abóbora picada
·         1 chávena de cenoura picada (opcional)
·         ½ chávena de óleo de coco
·      ½ chávena de néctar de agave
·       ½ chávena de água
·         1 colher de sopa de baunilha
·         1/4 colher de chá de flor de sal
·         1 colher de chá de canela
·       ½  colher de café de cravinho da índia em pó
·         1/8 colher de chá de pimenta da Jamaica (opcional)

Como fazer:
·         Primeiro, faça a base no seu processador de alimentos eu usei a Bimby
·         1. Coloque as tâmaras ou sultanas no processador de alimentos. Processe grosseiramente. Adicione as tâmaras ou sultanas, o coco e o sal. Processe novamente até que esteja bem processado, mas ainda arejado. NÃO em papa.  Aperte entre os dedos. Estão “peganhentos” e ficam juntos? Pronto.
·         2. Despeje a mistura da massa de torta na tarteira de fundo solto. Pressione a massa firmemente sobre a tarteira.  A base está agora pronta. (reserve)
·         Em seguida, faça o recheio de torta de abóbora crua:
·         3. Jogue todos os ingredientes da massa da tarte de abóbora processador de alimentos em alta velocidade e misture  até ficar muito suave! (Tente não adicionar água, só se for mesmo muito necessário. Se não estiver misturando corretamente, pare o liquidificador. Remova a tampa. Insira a espátula no liquidificador - crie uma bolsa de ar. Remova a espátula, coloque a tampa de volta, continue misturando.)
·         4. Despeje o recheio de tarte de abóbora na tarteira com a massa.  Alise a parte superior da torta com uma faca ou a parte de trás da colher. Cubra com uma tampa ou filme plástico.
·         5. Coloque a torta completa no freezer. Congelar por pelo menos 4 horas.
·         
6. A tarte é muito saborosa e se for servida fria e óptima !!!

 #sobremesasemculpa #semleite #semovos #semgluten #leitedaterra #bimby

Publicado em Setembro de 2018 actualizada em outubro de 2020

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Bolo vegan, (sem ovos e sem leite) e ainda Bio!


Este bolo tem 32 kg, mas a receita tem as doses para um bolo caseiro.



250 g de farinha de trigo
100 g de de pasta de tâmaras 
1 colher de chá de fermento 
1 colher de chá de bicarbonato
1 colher de sopa de vinagre de maça
1 colher de sopa de canela
300 ml de bebida vegetal de amêndoa ou aveia
100 ml de óleo de coco
130 g de cenoura crua e ralada grossa
60 g de castanha do Brasil
60 g de Avelã

cobertura 
450 de cacau  (usei uma barra de chocolate amargo 85%)
250 de bebida vegetal de amêndoa ou aveia

Modo de fazer:
Pré aqueça o forno a 185º C.

Numa taça, peneire todos os ingredientes secos MENOS o bicarbonato e o fermento. 
Em outra taça junte todos os ingredientes líquidos, MENOS o vinagre. 
Junte os líquidos e os secos com a cenoura ralada, envolva bem.
Só no final acrescente o fermento, o bicarbonato e o vinagre. 
Unte só o FUNDO de uma  forma com óleo de coco, coloque uma folha de papel vegetal no fundo, as laterais não são untadas e também não levam papel vegetal. 
Verta o bolo para a assadeira, 
Leve ao forno por 35 a 40 minutos, faça o teste do palito somente depois de 30 minutos, para não abrir o forno e a temperatura baixar. 
Se o palito estiver seco, retire do forno e espere esfriar. 

Cobertura.
Aqueça muito bem a bebida vegetal, verta para o cacau, eu ralei o a minha barra de chocolate amargo e misturei bem até ficar tudo homogénea.
Decorei com coco ralado e frutos vermelhos.

Para o bolo da fotografia, fizemos 8 bolos e as camadas foram recheadas de com frutos vermelhos, oleaginosas e chocolate.


terça-feira, 14 de maio de 2019

Arroz tipicamente alentejano, ou não, mas poderia ser!


Arroz tipicamente alentejano, ou não, mas poderia ser!
Ingredientes
Para temperar o cogumelos:
1/2 kg de cogumelos cortado em cubos
1 colher (café) de caril em pó
1 colher (chá) de açafrão em pó
3 dentes de alho amassados
Sal a gosto
Para o arroz:
1/2 kg de cogumelos cortado em cubos e temperados
5 unidades de  trufas alentejanas
5 colheres (sopa) de azeite
1 cebola grande picada
1/2 colher (sopa) de gengibre fresco ralado
1/2 pimentão vermelho em tiras
1/2 pimentão verde em tiras
1 cenoura cozida e cortada em cubos
100 g de vagem cozida e corta em pedaços pequenos
1 colher (chá) de ervas aromáticas 
250 ml de caldo de vegetais
1 vidro de leite de coco pequeno (200 ml)
3 xícaras (chá) de arroz cozido
Para o molho doce de shoyu:
1/2 xícara (chá) de agave
1/2 xícara (chá) de medronho
1/2 xícara (chá) de shoyu natural
2 colheres (sopa) de shoyu adocicado


Modo de fazer:
Para temperar o cogumelo 
Tempere o cogumelo corte em cubos com o caril e o açafrão em pó, o alho amassado e o sal a gosto.
Deixe por 30 min.
Para o arroz:
Refogue o cogumelo já temperado com o óleo de milho.
Acrescente a cebola picada e o gengibre fresco ralado.
Junte o pimentão vermelho em tiras, o pimentão verde em tiras, a cenoura cozida e cortada em cubos, a vagem cozida e cortada em pedaços pequenos, o cogumelo cortado em quatro, as trufas fatiadas finamente e o sal.
Refogue por 3 min, em fogo médio.
Acrescente o caldo de vegetais , 1 vidro de leite de coco pequeno e cozinhe por 5 min em fogo médio.
Junte 3 xícaras (chá) de arroz cozido e misture bem.
Sirva com amendoim torrado sem sal e molho doce de shoyu.
Para o molho doce de shoyu:
,Junte as 2 colheres (sopa) de shoyu o medronho, o agave e misture., e leve ao fogo baixo para engrossar.

😊

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Crumble de banana, doce vegetariano e sem glúten


Crumble de banana, doce vegetariano!


Crosta:
1 ½ chávena de farinha de aveia (sem glúten, ou não)
½ chávena de farinha de amêndoas (pode ser mais aveia)

1 chávena de açúcar de coco
125 gramas de azeite ou óleo de coco
Recheio:
7 bananas grandes maduras
3 colheres de sopa de açúcar de coco
1 colher de sopa de canela em pó
Finalizar:
Açúcar de coco e canela em pó.

Modo de preparo da massa:

Numa taça, despeje a farinha de aveia e a de amêndoas, misture todos os ingredientes com as mãos, até todos os ingredientes estarem incorporados e a massa tiver uma textura de farofa!

Modo de preparo do Recheio:

Corte as bananas pelo comprimento e coloque numa travessa. Acrescente o açúcar, a canela e misturar tudo, levemente, com as mãos.
Unte um pirex com azeite e depois com farinha de aveia.
Coloque metade da massa (farofa) no fundo. Comprima levemente.
Coloque o recheio cobrindo todo o fundo, cubra com mais “farofa”.  Por cima salpique canela e açúcar de coco
Leve ao forno, na temperatura de 180 graus por uns 45 minutos.
A camada de cima deve ficar crocante.



Bolo Maluco de chocolate ( receita da minha mãe)



Bolo Maluco de chocolate, Doce vegetariano e sem glúten

Ingredientes

·         2 “ovos” de linhaça (*)
·         2 chávenas de açúcar de coco
·         ⅓ chávena de azeite
·         ½ chávena de cacau em pó
·         2 chávenas de aveia (com ou sem glúten)
·         ½ chávena de farinha de amêndoas
·         ½ chávena de farinha de amendoim
·         2 chávenas + ¼ de chávena de água fervendo (pode substituir por café fervendo)
·         1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer

Numa vasilha, junte todos os ingredientes (excepto a água e o fermento) e mexa bem. Vá acrescentando a água fervendo aos poucos, mexendo bem a massa. Então, adicione o fermento químico e leve a assar em forno a 180 ˚C por cerca de 25/30 minutos.

Cobertura

100 g de chocolate sem glúten/lactose
5 colheres (sopa) de leite de arroz
Derreta o chocolate em banho-maria, misture o leite e disponha sobre o bolo.



(* ) Um ovo é equivalente a 1 colher de sopa da farinha de linhaça deixada de molho em 2 colheres de sopa de água por 20 minutos. Então, para dois ovos, deixe 2 colheres de sopa de linhaça de molho em 4 colheres de água por 20 minutos. Essa mistura vira uma espécie de gel, bem consistente.

lho em 4 colheres de água por 20 minutos. Essa mistura vira uma espécie de gel, bem consistente.

Crumble de maçã, sem glúten, sem ovos e sem leite


Crumble de maçã, doce vegetariano!


Recheio:

6 maçãs médias cortadas em quadradinhos pequenos.
½  chávena de amêndoa
½ chávena de nozes
2 colher de sopa de sumo de limão
1 colher de chá de essência de baunilha
½  copo de água
1 colher de chá de canela em pó
Crosta:
1 chávena de farinha de aveia (sem glúten, ou não)
½  chávena de farinha de amêndoas (pode ser mais aveia)
1/4 chávena de chia
3 colheres de sopa de açúcar de coco
1/4 chávena de óleo de  azeite
1 colher de chá de canela em pó
Pitada de noz moscada Sal q.b.
Nozes e castanhas a gosto

Modo de preparo

Pré-aqueça o forno a mais ou menos 190 graus.
Numa taça, misture todos os ingredientes da crosta e vá mexendo até que vire uma farofa meio seca. Reserve.
Num pirex coloque as maçãs e por fim as oleaginosas. Num copo, junte a água, a essência de baunilha, o limão e a canela. Despeje a mistura por cima da maça.
Finalize com a farofinha – cubra toda a superfície – e leve para assar em forno médio por aproximadamente 45 minutos (ou até que a água seque por completo, cozinhando as maças).
OBS: Cuidado com a quantidade de água, nunca deixe que a maça fique submersa.


Arroz de pato sem pato (sucesso garantido)


Arroz de pato sem pato. "Prato vegetariano"

 

Ingredientes:

·         ½ copo (50ml) de azeite
·         2 cebolas, picada
·         2 cenouras, cortadas em fios
·         1 cenoura cortada as rodelas
·         2 dentes de alho, picados
·         2 folhas de louro
·         3 cravinhos da Índia
·         1 colher de sopa de cogumelos em pó tipo shiitake

·         1 litro de água a ferver
·         400 gr de cogumelos do tipo PLEUROTOS
·         2 ½  copos de arroz já cozidos al-dente
·         2 colheres de sopa de molho de soja (Molho Tamari - molho de soja sem trigo e sem glúten)
·         1 c. sopa de paprica fumada
·         Noz moscada q.b.
·         Sal e pimenta q.b.

Pré-aquecer o forno a 180°C.
Aquecer o azeite numa panela e refogar as cebolas, os alhos, o louro, o cravinho, a cenoura em tiras e a em rodelas e uma pitada de sal grosso, cerca de 3-5 minutos, até as cenouras começarem a ficar tenras. Retire e reserve 8 rodelas de cenouras para decorar. Adicionar os cogumelos shiitake e uma pitada de noz moscada e refogar mais 1 minuto. Retirar o louro e os cravinhos e descartar. Juntar cerca de 1 copo de água a ferver e triturar tudo com a varinha mágica até ficar cremoso.
Coloque os cogumelos pleurotos já lavados e ripados no tacho junto com o molho cremoso. Aqueça bem, juntar o molho de soja e o colorau e envolver bem. Adicionar a restante água a ferver e deixar cozinhar em lume médio-alto com a tampa mal fechada.
Ainda com alguma água no tacho, junte o arroz al-dente* e verter para a assadeira, juntar os bocados de cenoura e misturar com cuidado para não se desfazerem. Colocar as 8 rodelas em cima para decorar.
Levar ao forno pré-aquecido a 180°C por cerca de 30 minutos até o arroz estar cozido completamente e uma película fina e crocante se formar em cima.

* se quiser pode cozer o arroz na "calda"  é só acrescentar mais água.

Direitos do Leite da terra

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte poderá ser reproduzida, de forma alguma, sem a permissão formal por escrito do seu autor, excepto as citações incorporadas em artigos e ou postes com os devidos créditos