terça-feira, 1 de dezembro de 2009

O porquê do sucesso da Ração Humana


A denominada ração humana, um composto à base de cereais integrais e energéticos como a aveia, linhaça, gérmen de trigo, açúcar mascavado, sésamo, fibra de trigo, gelatina, cacau, levedo de cerveja e guaraná em pó, entre outros, é a nova moda para emagrecer no Brasil.

Os nutricinistas, porém, alertam que a ração humana, apesar de fazer muito bem à saúde não deve substituir refeições. Aliás, nenhum método de emagrecimento poderá ser considerado bom se passar por uma eliminação de qualquer refeição.

Confira aqui a melhor receita caseira. Afinal, foi a que o Leite da Terra postou em Março de 2009!

Os integrais têm a grande vantagem de manter íntegras as suas vitaminas e os seus minerais, além de ser rico em fibras. Entretanto, desiludam-se pois não há uma ração milagrosa para perder peso. O único caminho a seguir é a reeducação alimentar.

Cada colher de sopa da ração humana contém 40 quilocalorias. O recomendado pelos muitos sites e blogs são duas colheres de sopa de ração por dia, o equivalente a 80 Kcal. Não devemos ultrapassar as duas colheres, pois todos os ingredientes contêm alto teor de lípidos, são todos insaturados e por isso fazem bem à saúde, mas..... engordam.

Podemos consumir a ração humana com o sumo da Luz do sol, com batidos de fruta, com leite de soja, leite de amêndoa, leite de arroz, etc. Para quem é diabético, o açúcar mascavado deve ser retirado, assim como quem tem problemas de hipertensão deve eliminar também o guaraná em pó.

O consumo de ração humana vai fazer, em primeira instância, com que uma pessoa perca bastante peso em duas dezenas de dias, mas, apenas o exercício físico e a reeducação alimentar irão realmente transformar alguém "gordinho" em elegante.

Não resta nenhuma dúvida que a ração tem qualidade inquestionáveis e vai ser um grande aliado nas dietas de emagrecimento. Encontramos na ração humana, grandes quantidades de fibras solúvel, o que provoca uma sensação de saciedade, ajuda o intestino a trabalhar melhor, baixa o colesterol, fortalece o sistema imunitário, ajuda na convalescenças, ajuda a diminuir os efeitos colaterais da quimioterapia. Enfim, equilibra o organismo.

Vejamos: se a ração humana for ingerida com alimentos ricos em vitamina C, como o kiwi, a laranja, o limão, o sumo de clorofila, a bagas de goji, os efeitos da linhaça e do colagénio serão potencializados, além de saciar e energizar.

No meu ponto de vista, o ideal é consumir a ração humana pela manhã ao pequeno almoço com um copo de sumo da luz do sol e um prato com banana amassada com duas colheres de ração. Se acompanhada, por exemplo, com uma deslocação a pé para o trabalho, ou, simplesmente, fazer uma boa caminhada será ideal.

Coloquem aqui todas as vossas dúvidas, dicas e opiniões.

Se fizer em casa, use só produtos de boa qualidade, biológicos e novos.
Pense você está investindo em sua saúde.
Cada dose custa aproximadamente 0,6€.

Encomendas para Portugal: (Leitedaterra@gmail.com)
1 Kilo = 28 euros + portes.
1/2 Kilo = 15 euros + portes.
1/4 Kilo = 8 euros + portes .
A ração humana é entregue como os ingredientes embalados individualmente.
104500


5 comentários:

marlene disse...

Fiquei muito feliz em encontrar esse bolg.gostaria de saber qual e a melhor gelatina a ser usada, eu sempre tive duvidas sobre esse assunto.

Vera Falcão disse...

Oi, Márcia, já te respondi lá no blog, aproveitei pra vir aqui conhecer o teu... essa tal de "ração humana", pra mim, é a velha granola, não? tenho notado que nas receitas usam semente de linhaça, que sabe-se que entra no organismo por um lado e sai pelo outro, sem fazer nenhum bem, ou seja, come-se ou germinada ou triturada para ter um bom efeito. No mais, penso que manter o peso ideal é comer de tudo com equilíbrio, não gosto desses modismos, como agora também falam da "farinha de feijão branco" para emagrecer... um abraço!

Natural Naturalmente disse...

Marlene. A gelatina pode ser adquirida em folhas, em pó com sabor, ao natural ou em cápsulas. Porém, existe uma diferença entre a gelatina que compramos ROYAL e a gelatina vendida em ervanarias e dieteticas.

As dieteticas vendem o colágeno em pó, ou em cápsulas, que é o colágeno em sua forma pura. Já a gelatina Royal, que compramos no supermercado, também tem colágeno na composição, porém, em menor quantidade.

A gelatina (muito usada em sobremesas) é feita de ossos, peles e tendões de animais e deve a sua consistência ao colágeno arrancado da pele e dos ossos. Aliás, quase toda comida elástica contém colágeno.

No entanto existem algumas substâncias alternativas: a alga agar-agar e uma substância feita de raiz de kuzu (planta oriental, usada de forma semelhante à araruta). Algumas substâncias que também são veganas e que vêm também substituindo a gelatina são a goma guar e a carragena.

fonte: http://www.centrovegetariano.org/Article-132-Gelatina%2Be%2Bsubstitutos.html

Anónimo disse...

Estava com 132 kg, faço a Ração Humana faz três meses e perdi 30kg.
Obrigado Leite da Terra.
Rick

Luis Guerreiro disse...

Sem tirar o valor a curto prazo da RH gostaria de referir que o uso excessivo de fibras pode arrastar minerais do organismo e criar deficiências nutritivas. Além disso os cereais processados rançam facilmente. Teremos mais vantagem se germinar-mos todas essas sementes.
As sementes não germinadas são ricas em anti-nutrientes que nos prejudicam. O sucesso vem de facto para aqueles que tem uma alimentação desequilibrada e desta forma passam a consumir mais fibras e evitam assim exagerar noutros produtos, devido à saciedade que esta mistura pode proporcionar. É também mais prático para quem tem uma vida agitada e quer uma solução rápida (mas não a ideal).
Pode ser uma ponte para uma alimentação mais saudável mas não algo que se deva perpetuar.

Direitos do Leite da terra

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte poderá ser reproduzida, de forma alguma, sem a permissão formal por escrito do seu autor, excepto as citações incorporadas em artigos e ou postes com os devidos créditos