domingo, 31 de janeiro de 2016

Anne-Sophie Bertrand em LISBOA no dia 6 de Fevereiro



terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Toque de Cura pelo Jin Shin Jyutsu

Muito interessante esta técnica. É simples e qualquer um pode fazer para aliviar tensões ! O texto é grande mas vale a pena ler.

Toque de Cura pelo Jin Shin Jyutsu

O que é Jin Shin Jyutsu? Jin Shin Jyutsu® Fisio-Filosofia é uma arte de harmonização do corpo, mente e espírito através de toques com as mãos em 26 áreas do corpo onde a energia vital se concentra. Suas raízes encontram-se na sabedori
a inerente a todos seres humanos - da qual nem sempre estamos plenamente consciente - de que todos temos a capacidade de nos harmonizar física, mental e emocionalmente. Essa sabedoria foi resgatada através dos estudos do Mestre Jiro Murai no Japão, no início do século XX.

Jin Shin Jyutsu literalmente significa:
Jyutsu: Arte
Shin: Criador
Jin: Homem de conhecimento e compaixão
Jin Shin Jyutsu: Arte do Criador através do homem de conhecimento e compaixão

A Arte do Jin Shin Jyutsu
Nosso estilo de vida, hábitos, crenças e ansiedades geram tensões e stress que podem afetar o funcionamento adequado do organismo e da vida em geral causando vários tipos de desconfortos e disfunções físicas, mentais e emocionais.
Jin Shin Jyutsu desperta bem estar, vitalidade, dissolve o stress e estimula nossa capacidade natural de regeneração. É um valioso complemento para a Medicina convencional, pois promove relaxamento profundo e reduz os efeitos do stress, fator desencadeante de muitas doenças do homem moderno.
Jin Shin Jyutsu é uma Arte de Viver, nos ajudando a viver com arte, ou seja, desperta nossa capacidade de criar nossa vida com harmonia e beleza e de nos renovar a cada momento.
Através de toques com as mãos em 26 áreas do corpo, onde a energia vital se concentra e que são chamadas de Travas de Segurança da Energia é possível restabelecer o equilíbrio. As 26 Travas de Segurança da Energia localizam-se ao longo dos diferentes padrões de circulação (ou caminhos) da energia que distribuem vida pelo corpo. Tocando essas Travas de Segurança da Energia em diferentes combinações ou segurando os dedos das mãos e/ou dos pés pode-se redirecionar o fluxo da energia restaurando a harmonia do corpo, da mente e do espírito.
Podemos receber sessões de Jin Shin Jyutsu de um profissional qualificado e/ou aprender algumas seqüências simples que podem ser auto-aplicadas. Uma sessão de Jin Shin Jyutsu é realizada com a pessoa vestida e dura em torno de 1 hora. Consiste de toques gentis que não envolvem massagem, manipulação de músculos ou uso de qualquer substância.

Praticando a Arte do Jin Shin Jyutsu: Auto-Ajuda
A auto-ajuda é a origem e a essência do Jin Shin Jyutsu. Através da auto-ajuda, Jiro Murai harmonizou-se iniciando o redescobrimento da Arte. Mary Burmeister, após anos de estudos e dedicação, condensou a essência dos ensinamentos da Arte em três livros de Auto-Ajuda. Nos cursos de Auto-Ajuda de Jin Shin Jyutsu, através destes três livros, você compreende a fisio-filosofia e como aplicar o Jin Shin Jyutsu em si mesmo através de seqüências simples de toques. Assim, sempre que necessário você pode harmonizar a circulação da energia do seu corpo, obtendo relaxamento, mais vitalidade e maior percepção de si mesmo. Desta forma você irá perceber que pode ser ativa e conscientemente responsável pela sua vida e pelo seu bem estar.
Apresentamos alguns exercícios básicos de Jin Shin Jyutsu. Para praticá-los você pode estar de pé, sentado ou deitado, isto é, da forma que for mais confortável e/ou conveniente no momento.
Esta seqüência ajuda a "recarregar a bateria" e pode ser feita de manhã antes de sair da cama para você se preparar para o dia e/ou à noite ao deitar para você relaxar das tensões do dia.
Além disso, esta seqüência também ajuda a memória, facilita a respiração e a digestão, ajuda à coluna e a circulação das pernas e pés.


Alguns Exercícios para Auto-Ajuda com Jin Shin Jyutsu

1 - EXERCÍCIO RESPIRATÓRIO QUE DEVOLVE O EQUILÍBRIO AO TODO INTEGRADO:

Comece contanto as expirações. ( Um, expire e inspire. Dois, expire e inspire. Três expire e inspire. E assim por diante). Conte até completar trinta e seis respirações. Se por acaso perder a contagem. Comece novamente. Respire naturalmente. Com o tempo, sua respiração se tornará automaticamente mais profunda e rítmica.

2 – SEGURE COM UMA DAS MÃOS OS DEDOS DA OUTRA MÃO – Onde nossas Mãos Vão Atuar como Verdadeiro Cabo para Recarregar Nossa Bateria (Conexão), sendo:

DEDOS ÓRGÃOS TRABALHANDO EMOÇÕES
Polegar Estômago e Baço Preocupação
Indicador Rim e Bexiga Medo
Médio Fígado e Vesícula Biliar Raiva
Anular Pulmões e Intestino Grosso Tristeza
Mínimo Coração e Intestino Delgado Pretensão

3 – FLUXO DE ENERGIA – Coloque a palma ou os dedos da mão direita no topo da cabeça durante todo o exercício, no final você a deslocará para a base da coluna. Apenas toque com a palma ou os dedos da mão esquerda nas áreas indicadas por alguns minutos ou até sentir uma leve pulsação rítmica:

MÃO DIREITA MÃO ESQUERDA POTENCIALIDADE
Cabeça – Coronário Entre as Sobrancelhas Energização Profunda do Corpo, Intuição, Memória, Estresse Mental

Cabeça – Coronário Ponta do Nariz Revitaliza funções reprodutoras, Energização Superficial do Corpo

Cabeça – Coronário Centro do Esterno (Coração) Contato Criança Interior, Atuando nos Pulmões, Cintura Pélvica e Quadris

Cabeça – Coronário Base Esterno (Plexo Solar) Revitaliza Energia da Fonte da Vida Trazendo a Alegria de Viver

Cabeça – Coronário Superior do Osso Púbis Revitaliza todo o Aparelho Ósseo (Principalmente a Coluna)

Cóccix – Básico Superior do Osso Púbis Vitalidade e Rejuvenescimento Circulação pernas e dos pés

fonte: http://www.institutoluz.com.br/?p=artigo17


publicado em - 26/09/2012

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Vamos aproveitar a energia do sol - Parte I - O Forno Solar

Vamos aproveitar a energia do sol - Parte I - O Forno Solar/
desidratador solar


Recorrendo a um conjunto de materiais fáceis de encontrar, e que de outra forma iriam para o lixo, propomos a construção de um forno solar onde poderás confeccionar saudáveis cozinhados só com o recurso directo à energia solar.


Antes de meteres mãos à obra, é importante que percebas o seguinte:
Como sabes, do sol vem a luz que ilumina o nosso planeta.
Parte dessa luz, ao atingir a superfície terrestre transforma-se em calor. Normalmente, uma parte desse calor liberta-se para a atmosfera, mas quando se está no interior de uma estufa o ambiente continua quente, aumentando à medida que o tempo vai passando, uma vez que as paredes da estufa não permitem que ele se dissipe.
Dentro deste princípio, o forno solar funciona da mesma forma, especialmente quando se usam dois vidros que acabam por aumentar a temperatura que irá permitir a cozedura dos alimentos que lá colocarmos.

Material:
. 1 tampa de cartão de uma caixa de resmas de papel A4;
. 1 embalagem plástica (se encontrares de alumínio, tanto melhor) funda, onde normalmente se vendem alimentos acondicionados;
. Desperdícios planos de esferovite*;
. Película de alumínio;
. Cola branca de madeira;
. Cola tudo;
. Guache líquido (várias cores);
. Dois vidros (um da dimensão da tampa de cartão e o outro da dimensão da boca da embalagem de plástico).

Passo um:
No interior da tampa de cartão, coloca ao centro a embalagem.
Passo dois:
Pega em desperdícios de esferovite e recorta quatro bocados. As medidas deverão estar de acordo com as da base da embalagem (comprimento e largura) e do topo da caixa (comprimento e largura), tendo em atenção que quando colocados na caixa, deverão ficar inclinados de forma a servir de "almofada" à embalagem.
Passo três:
Com cola branca adere os quatro pedaços de esferovite de forma que permita que a embalagem assente na totalidade.
Passo quatro:
Reveste as faces de esferovite e a embalagem (caso esta não seja de alumínio) com película de alumínio. Nas paredes da caixa, deverás fazer o revestimento até ao exterior, onde colarás com cola tudo.
Passo cinco:
Podes dar um pouco de cor ao teu forno, de forma a proporcionar-lhe um aspecto mais atraente. Para o efeito, usa guache líquido, ao qual deverás juntar uma porção de cola branca para madeira. Desta forma não alterarás a cor e evitas que depois de seca, a tinta estale e se desprenda.
Depois de tudo seco, adere fita adesiva de cor aos limites da película de alumínio, de forma a disfarçares as imperfeições e garantires um melhor reforço da área.
Passo seis:
Coloca a embalagem no seu devido local, tal como mostra a figura.
Passo sete:
Por cima da embalagem onde irás inserir os alimentos, deverás colocar um vidro que a cubra na totalidade.
Passo oito:
Por fim coloca o vidro maior por cima do teu forno. Se não tiveres oportunidade de arranjar um vidro, podes optar por um plástico transparente. Naturalmente quanto mais grosso for, maior será a retenção da temperatura dentro da caixa.
E eis o resultado de um dia de Primavera, em que não havendo muito calor se conseguiu já um perfeito cozinhado. Imagina como será num quente dia de Verão.
Bom apetite! 
* Nota:
Deverás recorrer apenas a desperdícios de esferovite. Para isso poderás encontrá-los, por exemplo, no interior de embalagens de electrodomésticos, que podes encontrar no hipermercado mais próximo, num stand de peças para automóvel ou noutros espaços comerciais. Nunca compres esferovite de propósito, pois ao fazê-lo estarás a incitar a produção de um material poluente e indesejável ao meio ambiente. Com este procedimento estarás a aplicar um dos três R´s, ou seja ,a "REUTILIZAÇÃO" de um material que de outra forma iria directamente para o lixo.

esferovite = isopor
www.fabulas-naturais.net

Fica aqui outro modelo: http://www.abae.pt/store/docs/sun_cook_presentation_v3.6pee.pdf
http://leitedaterra.blogspot.pt/2012/08/como-fazer-um-desidratador-solar.html

publicado em 20/07/2012

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Os fantásticos germinados!


A natureza oferece-nos meios eficazes para prevenir ou até mesmo para combater muitas doenças, das mais simples até as mais complicadas.
Não quero que ninguém ignore os conselhos dos médicos, ou muito menos resolva tratar-se sozinho. Mas porque não dar uma mãozinha através de meios naturais. Vamos dar apenas algumas dicas, lembre-se disso.
Em 1967, o investigador L. Jonathan Hartwell, publica os resultados dos seus estudos: Plants  used Against Cancer: A Survey”. É uma lista com mais de 3.000 plantas que ao longo dos séculos foram usadas pelo homem nos cinco continentes para combater com mais ou menos sucesso as diversas doenças.
As pessoas que comiam determinadas quantidades de legumes e frutos frescos estavam mais protegidos contra as doenças, inclusive o cancro.
As teorias variavam entre os alimentos serem ricos em Caroteno (provitamina A), em vitamina C, em ácido fólico, em vitamina E e em Selénio, depois surgiram outras substâncias anticancerígenas, tais como o licopeno, os glucosinolatos, os indóis e os fenóis, os bioflavonoides, e certos polissacarídeos….
Os alimentos frescos são muito mais activos que os comprimidos ou as cápsulas.
Porque?
Nenhuma capsula ou comprimido é tão completo como um alimento fresco, normalmente contem só um elemento, por exemplo: caroteno.
Em muitos dos casos são moléculas de sínteses. 
Os componentes de um comprimido seja extractos naturais sejam de síntese, normalmente não estão “vivos”.
Numa planta existem dezenas e mais frequentes, centenas de moléculas complexas e “vivas” que trabalham em conjunto, que se completam, equilibram-se e produzem assim um efeito de sinergia sem os terríveis efeitos secundários dos produtos químicos.
Os equilíbrios das cápsulas e dos comprimidos, são duvidosos, com apenas algumas moléculas diferentes (muitas vezes só uma) ou em excesso ou em quantidade duvidosa.
Mesmo com muito boa vontade, a natureza não é passível de cópia!
Como solucionar essa questão?
Comer alimentos frescos, saudáveis, biológicos, sem estarem adulterados e ainda variados?

FACIL! Os germinados, de leguminosas e cereais.
Não é de hoje, que o grão germinado tem uma grande notoriedade junto dos especialistas da saúde natural, quem nunca ouviu falar do trigo germinado possivelmente conhece como germes de trigo. Ou os rebentos de soja, que na realidade são rebentos de feijão mungo. Mas existem milhares de grãos que potencializam as suas qualidades ao serem germinados.
Porque as vantagens dos grãos germinados?
Os grãos de um modo geral contêm todos os elementos de que o nosso organismo tem necessidade: vitaminas, oligoelementos, proteínas, lípidos, açúcares, aminoácidos, etc.
Na sequência do contacto com a água e a luz todos setes grãos se transformam ao começar o processo de germinação: os elementos decompõem-se, tornam-se mais assimiláveis e sobretudo, multiplicam-se.
Assim, por exemplo, o trigo germinado contém 100 vezes mais vitamina B17 (letril) e 600 vezes mais vitamina C do que o trigo não germinado.

O que é um grão germinado?
É um grão que ao contacto com a água começa um processo de crescimento que vai dar origem à planta completa.
O germe é que irá originar a raiz. É o que a professora Ana Branco chama de narizinho.

O que é um rebento?

É a fase seguinte, depois da saída do germe, no contacto com a luz os grãos germinados vão, com a ajuda de clorofila, deixar emergir um pequeno rebento verde que aliás crescerá bastante depressa.
Estes rebentos são igualmente muito ricos em elementos nutritivos e ultrapassam muitas vezes o valor dos germes.
Os grãos são todos iguais?
É logico que não. O teor de cada espécie é diferente das outras. Como para todos os alimentos é preciso variar e por exemplo, consumir duas ou três variedades de grãos de cada vez, mas isto não é obrigatório.
Existe uma variedade de composição dos grãos, que revela-nos que alguns são particularmente mais interessantes do que outros no que diz respeito as doenças a tratar.
Vamos falar brevemente sobre algumas fontes anticancerígenas como grãos, legumes e frutos.
Os mais conhecidos são:
Sementes de Alfafa ou luzerma (Medicago sativa)
Grãos pequenos com cerca de 2 milímetros e com cor castanha.
Recomendado para o cancro de pele, do pulmão e da laringe. Rica em carotenoides, vitamina C e enxofre. O princípio hormonal é o coumestrol, muito benéfico na menopausa.
Deixe de molho por 8 horas, e deixe germinar por sete dias, lavando de manhã e à noite. Antes de consumir lave.
Feijões Azuki (Phaseolus angularis)
Pequenos feijões de cor vermelha. Com substâncias anticancerígenas reconhecidas.
Deixe de molho por dezoito horas. O feijão vai desbotar e deixar a água com uma cor castanho ferrugem.
Deixe germinar por quatro dias, lavando de manhã e à noite.
O Feijão Azuki germinado combate o excesso de colesterol, a hipertensão e o excesso de açúcar no sangue.
Grãos de arroz (Oryza sativa)
Uma semente de origem Indiana, o arroz é o cereal mais consumido pelos seres humanos.
Os grãos de arroz para germinar não são fáceis de encontrar. As substâncias anticancerígenas do arroz germinado diminuem o risco do cancro da próstata, da mama e dos intestinos. Ainda reduzem a tensão arterial, impedem a formação de cálculos renais e combatem a psoríase.
Mergulhe os grãos de arroz em água durante 12 horas, depois lave de manhã e à noite durante quatro dias.
Os legumes e os frutos mais indicados são as cenouras, o alho, a cebola, o sumo de alóes, os tomates, os citrinos sobretudo as laranjas, as tangerinas e as toranjas.
Que grãos comprar?
Hoje já não é tão difícil, encontramos grãos de cultura biológica. As embalagens são herméticas para não germinarem precocemente.
Não era muito fã dos germinadores, mas utilizei um de barro cozido durante 15 dias e fiquei apaixonada.


Como germinar!
Gosto de deixar os grãos acordando durante à noite. Coloco duas colheres de sopa de grãos num copo, cubro com o dobro de água e deixo os assim durante 6 a 12 horas. De seguida retiro a água, e deixo escorrendo numa rede de arame, lavando os grãos com água corrente de manhã e à noite (no mínimo).
Se utilizar o germinador, será mais fácil. Basta deitar duas colheres de água em cada nível do germinador e deitar ½ litro de água no primeiro nível. Á água vai escorrer de nível para nível. Faça isso de manhã e à noite, removendo sempre a água retardada.

Vejamos, os grãos de trigo no primeiro dia e incham, no segundo dia os primeiros germes aparecerão, mas mais vale comer o trigo germinado no terceiro dia, pois os grãos estarão mais tenros. Para as sementes de brócolos, será preciso esperar cerca de uma semana. Mas estes prazos podem variar em função da água, da luz, e sobretudo da temperatura. O processo será mais lento no Inverno, e mais rápido no Verão.
Se colocar o germinador de plástico  à luz notará a diferença. Mas atenção não exponha aos raios de sol directamente.

Onde usar os grãos germinados?
Os grãos germinados e os rebentos são consumidos crus, mastigados lentamente até reduzi-los ao estado líquido. Se quiser pode tempera-los, mas sempre dando prioridade a qualidade dos condimentos.
Poderá come-los juntamente com saladas, sumos, sopas e outros pratos da cozinha Viva.
Gostaria de pormenorizadamente quatro  grãos anticancerígenos.
Sementes de brócolos, dos feijões de soja, dos grãos de trigo e das sementes de rabanete preto. Esse grão contem betacaroteno, B17, C e E, antioxidantes, enzinas especiais e outras substanciais que detém a proliferação das células cancerígenas ou simplesmente impedem a mutação das células sãs. Mais adiante vamos falar mais pormenorizadamente sobre esses grãos.
Sementes de brócolos (Brassica olerácea italica)
O mais potente anticancerígeno conhecido. Conhecemos os brócolos, mas poucas pessoas conhecem as suas sementes biológicas. Não germine as sementes de um horticultor ou de um centro de jardinagem, essas sementes são tratadas com produtos químicos.
A semente de brócolos são minúsculas com pouco mais de um milímetro, tem cor vermelha ou castanha escura, depois de germinada o seu tamanho não passa dos três milímetros.
Há anos e de conhecimento geral que as couves contem substancias de acção benéfica contra os cancros. As couves contem Indóis, as flavonoides, os fenóis, alem de selénio, cálcio, vitaminas C e E, e betacaroteno.
As sementes de brócolos germinadas contem todos os elementos citados em maior quantidade, além de SULFORAFANO. Substancia isolada pelo professor Tabalay do John Hopkins School Of medicine de Baltimore (USA) das sementes dos brócolos germinados depois de cinco a seis dias onde a concentração era cinquenta vezes superior à das couves. Um factor muito importante relativo a essa substancia e o facto dela não ser destruída com o calor da cozedura.
O estudo demonstra que as pessoas que consomem regularmente alimentos ricos em glucosinolatos  sob a forma de Isotiocianato activo presente nas couves e particularmente nos germes e rebentos dos brócolos, raramente sofrem de cancro do intestino grosso, do estômago, do esófago, da laringe, da faringe, da boca e da próstata.
Como obter os germes de Brócolos.
A dose recomendada é de 10 a 20 gramas de brócolos germinados por dia consoante se trate de prevenção ou de tratamento. Contudo, é preciso ter em conta que na prática comerá provavelmente outras grãos ao mesmo tempo. Assim, deverá basear-se numa média de duas a três colheres de sopa de diversos grãos germinados por dia. Como tudo o importante é variar a dieta, tanto para não enjoar como para equilibrar todos os contributos nutricionais.
Deite duas colheres de sobremesa de sementes de brócolos num copo e cubra com água pura, por 8 horas. Depois desse tempo escorra as sementes com um passador de chá e de manhã e à noite, lave os grãos sem nunca voltar a deixa-los de molho.
Deixe as sementes junto da luz, sem contudo expô-la aos raios solares. Para essas sementes o germinado é uma solução magnífica.
Os brócolos demoram cinco a seis dias para obter germes comestíveis. Com mais um ou dois dias já obterá rebentos verdes. Esses são ricos em clorofila. Lembre-se deve lava-los todos os dias de manha e à noite.
Pode colocar o germinados em saladas sumos ou outro prato qualquer, mas lembre-se deve mastiga-los até ficarem líquidos, por isso a melhor solução e comê-los sozinhos no inicio de cada refeição.
As sementes de Rabanete Preto ( Raphanus Sativus Neger)
As crucíferas são sem dúvida sementinhas activas. Já existem estudos nos Estados unidos, no Japão, em Israel, na Noruega, na Grécia entre outros que são unanimes, todas as crucíferas exercem uma formidável acção anticancerígena.
Assim como os brócolos, o rabanete e particularmente o rabanete preto é rico em indóis, flavonoides e fenóis, em vitamina C e em óleos essenciais sulfurados, as sementes de rabanete preto são particularmente protectoras das células sãs impedindo-as de se transformarem em células cancerígenas.
Mas ATENÇÃO, pessoas com má digestão, podem ver os sintomas agravados, assim não é recomendado as pessoas com problemas de estômago, como hiperacidez, ardores e úlceras do estômago ou do duodeno consumirem as sementes de rabanete preto.
Os grãos em Portugal são quase sempre importados são ovóides de 3 a 4 milímetros de cor castanha.
Como germinar.
As sementes de rabanete têm uma potente acção bactericida e por este facto, contrariamente à soja, elas não correm o risco de fermentar ou de serem contaminadas. Pode, deste modo, pô-las directamente na água durante 8 horas, a seguir passa-las por água antes de as colocar no germinador. Os grãos duplicarão rapidamente de volume e pode estimar-se que uma colher de grãos dê quatro colheres de rebentos.
Igual a todas as sementes, lavamos duas ou três vezes por dia, as sementes devem germinar dentro de dois dias e podem ser consumidas no quarto ou quinto dia.
Atenção as sementes são picantes, mas com sabor muito agradável, se for comido com outros grãos germinados será mais fácil suportar maiores quantidades.
As sementes de rabanete preto são também reconhecidas para tratamento de cálculo biliares, de insuficiência hepática, de prisão de ventre e de digestão difícil, são ricos em enxofre, estão indicadas para fluidificar as secreções dos brônquios e dos seios perinasais, assim como para desinfectar as vias respiratórias.

Os grãos de soja. (Glycine hispida)
A soja já é conhecida na Ásia desde há 5.000 anos. Neste momento há uma grande controvérsia sobre as suas vantagens e o seu consumo, mas essa controvérsia não atinge o grão de soja germinado. Há inúmeras vantagens em consumi-lo entre elas o facto de baixar o colesterol, é óptimo para os diabéticos, contem fitoestrogénios recomendado nos problemas da menopausa. Mas a grande vantagem do grão de soja germinado é conter substancias que ajudam o organismo a combater as células cancerígenas, A genesteína, a daidzeína, os carotenoides, os folatos, as vitaminas C e E, o cálcio, o selénio e o magnésio são alguns das substâncias que previnem ou até mesmo eliminam o cancro da mama, do estômago e da próstata.
Como todos os grãos ou sementes que vamos germinar, devemos ter a certeza de serem de cultura biológica. 
Como germinar!
Tendo um volume maior do que os outros grãos, o grão de soja é mais fácil de germinar num copo, coloque duas colheres de sopa de grão de soja num copo, e cubra com água, escolha os grãos, elimine os partidos, escuros ou os que de qualquer forma não estejam perfeitos. Deixe de molho durante 12 horas, em seguida passe por um coador e rede. Coloque os grãos num germinador ou deixe no copo, deve é ter em atenção que os grãos de soja são mais fáceis de fermentar, lave-os duas a três vezes por dia (principalmente no verão) .
A soja começará a germinar no segundo ou no terceiro dia. E estão prontos para serem consumidos.
Como para todos os grãos aqui apresentados, a dose diária varia em função de dois factores:
1 – Prevenção ou tratamento.
2 – Sozinho ou acompanhado de outros germes.
Assim, se não sofre de qualquer doença e consome simultaneamente outros grãos, uma simples colher de sopa por dia será suficiente. Mas por outro lado, se ingere apenas a soja para ajudar o seu tratamento anticancerígeno, duas a três colheres por dia serão o mínimo.
Na América do Norte, os germes de soja são utilizados para prevenir o cancro, mas também para os cálculos biliares, a aterosclerose, reduzir o colesterol, proteger a função renal, reduzir a osteoporose e aliviar os sintomas da menopausa.
Finalmente a estrela dos germinados o germes de trigo (Triticum sativum)
O trigo germinado, a relva de trigo são desde há muito tempo um dos segredos mais conhecidos dos adeptos da vida ao “natural”
Ele contém em proporções muito equilibradas e sob uma forma muito assimilável quase tudo o que o nosso organismo necessita: proteínas, lípidos, glícidos, vitaminas, aminoácidos, oligoelementos, enzimas…
Evidentemente, que falamos aqui de grãos de trigo integral.
Para combater o cancro, o trigo germinado ou melhor dizendo os rebentos de trigo fornecem uma quantidade apreciável de betacaroteno, de vitamina E, de folatos, de magnésio, de zinco, de selénio, alem de enzimas anti-radicais livres como o Superóxido Dismutase, a Catalase, o Glutatião, a Peroxidase e a Metionina Redutase.  O germe de trigo contém pouca vitamina C, mas o letril que certos investigadores indicam como substância anticancerígena.
O conjunto dos componentes do trigo germinado, provoca uma potente actividade biólogica verificada ao longo dos anos pelos naturopatas para combater o cancro, mas também os processos de envelhecimento. Trata-se efectivamente de um alimento excepcional para favorecer uma longa vida em boa saúde!

Como obter o trigo germinado
Já existe uma lei que obriga as sementes serem irradiadas, mas vale sempre a pena tentar germinar o seu próprio trigo.
Não cansamos de dizer que as sementes devem vir de culturas biológicas. Aqui cabe uma nota, a data de validade é um mero proforma. A história da descoberta Kamuts nos tempos modernos parece bastante bem documentada, a história de suas antigas raízes no entanto permanece indescritível. Fontes concordam que o grão Kamut foi encontrado em uma pirâmide no Egito (provavelmente Dahshur ou Saqqara). Algumas espigas foram dadas, vendidas ou talvez apenas descoberto por um aviador dos EUA que enviou a seu pai que era um fazendeiro de trigo em Montana e ai começa a história moderna deste cultivo milenar. Kamut embora baixo em glúten tem um sabor de noz rico que serve muito para fazer pães multi cereais com resultados deliciosos.
Em um copo coloque duas colheres de sopa de trigo, cubra com água pura por 12 horas, depois deste período escorra a água e ou coloque no germinador ou deixe no escorredor de arrame.
Lave duas ou três vezes por dia, é só isso! Os germes deverão aparecem a partir do segundo dia e podem ser consumidos imediatamente. Se esperar mais um ou dois dias, terá rebentos verdes, e ainda se esperar mais uns 3 ou 4 dias terá erva de trigo ou o famosíssimo wheatgrass, usado em sumos no mundo todo.

O trigo germinado é um excelente adjuvante contra o cancro, mas também um formidável alimento anti-envelhecimento, um reconstituinte eficaz para os nervos e um desintoxicante do sistema digestivo.
Faça alquimia, mástique lentamente os grãos de trigo germinados, misturando-os cuidadosamente com a saliva, a magia começa na germinação, continua dentro da boca, mesmo antes de operar os seus prodígios no seu organismo.

publicado em 13/09/2012

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Leite da terra de ALPISTA e suas propriedades


Ingredientes para 2 copos:
1 Chávena de alpista, germinada.
2 Chávena de água *
3 tâmaras (opcional)

Modo de fazer:

Passe todos os ingredientes na Bimby ou no liquidificador até ficar cremoso.
Coe em panela furada  fina e aperte até sair todo o leite.
Sirva.

Nota: * a água deve ser o mais pura possível, ou filtrada ou de fonte (pura)

Ficam divinos e por isso você deve provar: o leite de amêndoa, Alpista, de nozes, de avelã, de castanha e o famoso, mas não o mais gostoso, leite de soja.


Comida de passarinho serve para emagrecer? Pode apostar que sim. É isso que dizem aqueles que caíram nas graças do leite de alpiste. A sementinha mediterrânea têm feito sucesso por aqui e promete dar o que falar.



De acordo com a nutricionista Mariana Fróes, o leite de alpiste é rico em hidrato de carbono, proteínas, vitaminas do complexo B, vitaminas do complexo E. "Isso o transforma em um poderoso antioxidante", diz. A semente possui 16% de proteínas, que trabalham sobre as diferentes áreas do sistema digestivo. Além disso, contém 12 % de fibras, que facilitam os processos digestivos.
Mas suas propriedades também incluem ser um anti-inflamatório natural. E, já que as células de gordura são inflamatórias, o composto é apontado como aliado do emagrecimento. No entanto, a ajuda vem combinada com outros fatores. "O leite de alpiste sozinho não emagrece. Para conseguir um bom resultado o estilo de vida e da alimentação tem que mudar", observa Mariana.
Os especialistas dizem que o leite de alpiste, que também é conhecido como leite de enzima, é um grande aliado no combate ao colesterol. Além disso, é um potente diurético que age principalmente no fígado, pâncreas e rins. Funciona em casos de cistites, abundância de substâncias nitrogenadas no sangue, ácido úrico, gota, hipertensão arterial, edemas, retenção de líquidos, gastrites e úlcera do estômago.
Cientistas da Universidade do México analisaram as propriedades do alpiste e chegaram à conclusão de que ele também tem a capacidade de recarregar e curar o organismo humano. Lá eles ainda encontraram um número significativo de proteínas em um copo de 200 ml desse leite. Elas são as responsáveis pelos ganhos de força e massa muscular magra.
Como preparar o leite de alpiste

Coloque cinco colheres de alpiste em um copo com água. Deixe de molho na geladeira por 24 horas. No dia seguinte, coe a água e a substitua por um litro de água filtrada ou fervida. Bata no liquidificador por, aproximadamente, quatro minutos. Coe e beba em jejum 20 minutos antes das refeições.
O ideal é consumir de dois a três copos por dia, sempre sem adoçar. Não é indicado guardar o preparo: fez, é hora de consumir, ok?
fonte: http://br.mulher.

 

Fornecido pelo AMADEU REIS CUSTODIA.
Rua do Pinhal - Vivenda Custódia - Casão.
2665 - 535 Venda do Pinheiro - PORTUGAL
 Telemóvel: 964 024 245 965 861 977 962 617 093
Tel. 219 863483
E o custo de um kg foi de  1€60 (julho de 2012)

O leite de alpiste (um copo) apresenta  proteína semelhante ao do trigo.
Publicado pela primeira vez  em 2008

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

A importância da vitamina D na gravidez


Novo estudo reforça a relevância dessa vitamina para prevenir diversos problemas durante a gestação


Marcela Bourroul

  shutterstock

























Sabe aquela recomendação de tomar sol durante 10 minutinhos por dia? Pois é, agora as grávidas têm mais um motivo para segui-la. Um levantamento realizado por pesquisadores da Universidade de Calgary, no Canadá, revisou diversos estudos publicados nos últimos 30 anos sobre a vitamina D na gravidez. Essa vitamina é obtida, em pequenas quantidades, por meio da alimentação, mas o sol é seu principal fator de formação. Eles chegaram à conclusão que baixos níveis da substância no organismo da gestante podem aumentar os riscos de desenvolver diabetes gestacional, pré-eclâmpsia, vaginose bacteriana, além de elevar a probabilidade de os bebês nascerem com baixo peso. 
Os cientistas afirmaram que ainda é necessário fazer mais pesquisas sobre o assunto, especialmente para determinar a relação de causa e consequência entre os níveis de vitamina D no organismo e cada um dos problemas apontados. Além disso, ainda não há um consenso sobre a dose diária recomendada para as grávidas.

Segundo o obstetra Paulo Nowak, da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo, doses de até 4000 UI diárias são seguras para a gestante. Ele afirma que a quantidade de vitamina D obtida a partir da dieta e da exposição solar não é suficiente para atingir a dose adequada, na maioria dos casos. Mas, o uso de suplementos só deve acontecer com acompanhamento médico. O ideal é medir a vitamina D no sangue e, a partir do resultado, definir a carga de suplementos. Os polivitamínicos recomendados costumam conter entre 200 a 400 UI dessa substância. Para se ter uma ideia, a ingestão de 100 gramas de peixe duas vezes por semana equivale a 800 UI.
Os responsáveis pela pesquisa no Canadá alertaram para três grupos de risco quando o assunto é a carência de vitamina D. Entre eles estão as vegetarianas (já que peixe é uma das principais fontes dessa vitamina), as mulheres que vivem em países de latitudes altas (por conta do sol, o que não é o caso do Brasil), e as mulheres de pele negra (que têm mais dificuldade para sintetizar a vitamina).

publicado em 2013

domingo, 3 de janeiro de 2016

Marcação de Consulta

Marcação de Consulta
NUTRIÇÃO HOLÍSTICA
Medicinas alternativas

Vamos transformar o seu alimento no grande aliado à sua saúde.

Marcações:
Telemóvel: 965 493 081
Email: leitedaterra@gmail.com


Quer ajudar? Precisa de ajuda? Eu posso ajudar!

Por Skype, telefone, e-mail e consultas presencial com 30 minutos, 60 minutos ou ainda blocos de 60 minutos.
Nós oferecemos treinamento contínuo para aqueles que precisam de apoio contínuo, começamos com uma consulta inicial que varia de 60 a 90 minutos, para que possamos analisar sua situação e criar um protocolo especialmente para si.
No que podemos ajudar:
  • Planeamento Nutrição Holística: Se você quer mudar hábitos alimentares, ajustar sua dieta para uma “alimentação viva” para promover uma melhor saúde específica ou geral,
  • Optimização dieta vegan: Se você quer ser vegan e que quer maximizar suas chances de sucesso a longo prazo,
  • Low-carb: Se você estiver fazendo uma dieta low-carb e não está vendo os resultados que você quer,
  • Problemas dentários: Se você está enfrentando problemas dentários e quer minimizar,
  • Coaching alimentar: Se você quer entrar no campo da alimentação viva (com um blog, autor, orador, consultor, nutricionista, professor, estudante!) E precisa de ajuda para começar,
  • Coaching de vida: Se você quer ajuda nas áreas não-alimentares de sua vida para aumentar sua confiança, encontrar satisfação, conectar-se com suas paixões ambientais, ter maior autoconsciência, enfim para transformar-se numa versão mais sustentável!
  • Se você tem um Distúrbio Alimentar: E estiver a procura de ajuda, temos profissionais qualificados que poderão acompanha-lo. Confie em mim, é o melhor!
  • Quer trabalhar com Alimentação Viva : Fazer uso d´aquele alimento ou ingrediente que, além das funções nutricionais básicas, quando consumido como parte da dieta usual, produz efeitos metabólicos e/ou fisiológicos e/ou benéficos à saúde. Esses alimentos são considerados promotores de saúde e podem estar associados a melhor qualidade de vida e ainda com a diminuição dos riscos de algumas doenças crónicas.

Proponho ajuda-lo, com workshops personalizadas, de forma a apoiar os teus objectivos e necessidades individuais. Se estiver interessado na consultoria fala comigo!

Como funciona:

1. Escolha qual a consulta ideal para si, faça a transferência para o NIB/IBAN a indicar.
  •  Consulta 30 Minutos - 20,00 euros/ 87 reais
  •  Consulta de 60 minutos - 37,00 euros/ 161 reais
  •  Consulta 90 minutos - 45,00 euros /196 reias
* Não tenho certeza qual devo escolher? 
30 Minutos - para perguntas rápidas ou muito gerais; 
60 Minutos - se houver um único problema que você está tentando resolver (ou uns poucos relativamente simples); 
90 Minutos - para questões mais complexas (ou se você tiver um caminhão de perguntas!); ou uma consulta mais profunda onde tenhamos que discutir  ou analisar muitos dados,
2. Faça o seu agendamento por email ou telefone
3. Passe a maior quantidade de informação que puder. Agora, não seja tímido! Quanto mais eu souber sobre você e sua situação, mais fácil vai ser para me preparar para a nossa consulta e fazer o uso mais eficiente do tempo. Também não se esqueça de informar o tipo de método de consulta que você gostaria Skype vídeo, Skype voz, telefone ou e-mail. Eu realmente recomendo vídeo Skype e prometo que não vou julgá-lo se você estiver de pijama!
4. Se você tiver analise e exames, envie-me. 
5. Depois que eu receber o seu pedido de reserva, eu vou enviar-lhe um e-mail com mais detalhes de contacto (meu Skype, número de telefone ou e-mail). Em alguns casos, se eu tiver dúvidas sobre se eu posso ajudá-lo, eu vou pedir mais detalhes sobre sua situação.
Politica de reembolso
Se você se inscrever para uma consulta e depois de analisar sua situação eu não achar que possa ajudá-lo de forma adequada, eu faço o reembolso do seu pagamento antes de começarmos. Sempre que possível, eu também vou tentar indicar alguém melhor preparado para lidar com seu caso. Devido ao tempo que passamos a analisar e estudar cada paciente, não podemos oferecer o reembolso após a consulta, a menos que fosse um fracasso absoluto e eu não poderia fornecer qualquer coisa de valor (até agora, isso não aconteceu!).
Nota: Eu tento manter minha agenda bastante organizada, mas às vezes as coisas ficam descontroladas e desviamos para território não-consulta, como por exemplo minha paixão por viagens ou o meu amor pelos meus amigos peludos. Se isso acontecer, acertamos a duração da consulta para não haver pagamentos indevidos.
Informe-se dos workshops:Individuais, em grupo, presencial ou on line....
Workshop de queijos vivos;

Direitos do Leite da terra

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte poderá ser reproduzida, de forma alguma, sem a permissão formal por escrito do seu autor, excepto as citações incorporadas em artigos e ou postes com os devidos créditos