terça-feira, 25 de outubro de 2011

Aromáticas: Tinturas

Tinturas
A tintura mãe é para poder conservar as propriedades das plantas por um longo tempo, de dois a três anos.
A tintura é mais concentrada, que a decocção ou a infusão. É necessário verificar sempre qual a dosagem indicada para cada tipo de tintura.
Podem ser feitas em base de álcool, glicerol ou mesmo vinagre.


TINTURA.
200 g de ervas secas,
750 ml de água. (75%)
250 ml de álcool* (25%)
.* Usar gin ou vodka, cachaça ou aguardente, sempre com mais de 30ºde álcool. Nunca usar álcool da farmácia. Podemos substituir o álcool pelo glicerol o pelo o vinagre de boa qualidade.

Veja mais em Como Vovó Fazia

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Pão Vivo e Doce de Ração Humana, germinada!!!

Se você faz a sua RH, e usa produtos de boa qualidade, atreva-se, use a imaginaçãoe crie seu próprio Pão Vivo de RH!
Germine os grão assim você estará aumentando a quantidade de nutrientes decada um dos elementos (em especial as vitaminas B, E e as proteínas através dosprocessos enzimáticos que ocorrem na germinação).
Ideal para quem sofre de diabetes. Mas não esqueça que se for a receitabásica de RH, contem glúten
INGREDIETENTES:
1 - 75g trigo em grão ou centeio emgrão ;
2 - 20g castanhas (amêndoas, avelãs,pinhões)
3 - 50g soja em feijão;
4 - 50g Aveia em grão;
5 - 10g Semente de Sésamo com casca;
6 - 10g Tâmaras ou passas
7 - 10g Semente de linhaça;
8 - 10g Gelatina em pó;
9 - 5g Levedo de Cerveja em pó;
10 - 5g Guaraná em Pó.
Receita da Racão Humana clássica

MODO de FAZER ;
Germinación del trigo (o de la espelta o elcenteno) Germinar todos os itens do número 1 até ao número 7 (inclusive).
Deixar 12h cobertos com água + 8 horas ao ar em um escorredor + lavar + 8 horas ao ar em um escorredor + lavar + 8 horas ao ar em um escorredor
Depois desse período estará tudo germinado. e os grãos ja terão os narizinhos já bem aparente.- Dejaremosen remojo, cubierto de agua templada y durante toda laDepois deste periodo
MaMmm
MassMASSA DO PÃO VIVO de RH.
Agora vamos preparar o nosso pão vivo de Ração humana. Moer todo até obter uma massa homogénea, do número 1 ao 10. Nesta fase podemos colocar, ainda, os pedaços de nozes, de passas ou aquilo quequeremos no nosso pão doce e vivo de RH.
Nosso pão não precisa ser amaçado. Coloque na forma escolhida, eu gostodele baixo tipo chapata. Podemos colocar numa forma do tipo de bolo inglês. E desidratarao Sol ou no desidratador. Atenção nosso pão deve ser crocante por fora e meio húmido.Isso vai depender das horas em que ficará ao Sol (entre 5 e 8 horas) e da humidade da massa.

ABOBORA - Sumo, Chip´s e Sopa

E tudo começou assim.....


Depois foi só escolher as armas


Cortar e recortar...


Desidratar ao sol


Empratar


Com a outra metade fiz uma sopa com abobora, cenoura, linhaça e feijão verde desidratado

Por pouco nem para a fotografia chegada.....

A Abóbora

Um segredinho revelado

Alguns anos atrás, um meu ex-professor me mostrou uma análise de sangue; o que eu vi me deixou impressionado. Os cinco principais parâmetros do sangue, ou seja: uréia, colesterol, glicemia, lipídeos e triglicerídeos apresentavam valores que, em muito excediam os níveis permitidos.

Comentei que a pessoa com aqueles índices já deveria estar morta ou, se estava viva, isto seria apenas por teimosia. O professor, então, mostrou o nome do paciente que, até então, tinha sido ocultado pela sua mão. O paciente era ele mesmo!

Fiquei estupefato! E comentei: "Mas como? E o que você fez?". Com um sorriso, ele me apresentou a folha de uma outra análise, dizendo: "Agora, olhe esta, compare os valores dos parâmetros e veja as datas".

Foi o que eu fiz. Os valores dos parâmetros estavam nitidamente dentro das faixas recomendadas, o sangue estava perfeito, impecável, mas a surpresa aumentou, quando olhei as datas; a diferença era de apenas um mês (entre as duas análises da mesma pessoa)!

Perguntei: "Como conseguiu isso? Isso é, literalmente, um milagre!" Calmamente, ele respondeu que o milagre se deveu a seu médico, que lhe sugeriu um tratamento obtido de outro médico amigo. Este tratamento foi utilizado por mim mesmo, várias vezes, com impressionantes resultados. Aproximadamente, uma vez por ano, faço análise de meu sangue e, se algum dos parâmetros estiver apresentando tendência ao desarranjo, volto imediatamente a repetir esse processo. Sugiro que você o experimente.

Aqui está o SEGREDO: Semanalmente, por 4 semanas, compre, na feira ou em supermercado, pedaços de abóbora. Não deve ser a abóbora moranga e sim a abóbora grande, que costuma ser usada para fazer doce. Diariamente, descasque 100 gramas de abóbora, coloque os pedaços no liquidificador, junto com água (SÓ ÁGUA!), e bata bem, fazendo uma vitamina de abóbora com água. Tome essa vitamina em jejum, 15 a 20 minutos antes do desjejum (café da manhã). Faça isso durante um mês, toda vez que o seu sangue precisar ser corrigido. Poderá controlar o resultado, fazendo uma análise antes e outra depois do tratamento com a abóbora. De acordo com o médico, não há qualquer contra-indicaçã o, por tratar-se apenas de um vegetal natural e água (não se usa açucar!).

O professor, excelente engenheiro químico, estudou a abóbora para saber qual ou quais ingredientes ativos ela contém e concluiu, pelo menos parcialmente, que nela está presente um solvente do colesterol de baixo peso molecular : o colesterol mais nocivo e perigoso - LDL .

Durante a primeira semana, a urina apresenta grande quantidade de colesterol LDL (de baixo peso molecular), o que se traduz em limpeza das artérias, inclusive as cerebrais, incrementando, assim, a memória da pessoa.

Há apenas um inconveniente: o sabor da abóbora crua não é muito agradável! Nada mais.

Porém, há um detalhe importante: nem a abóbora, nem a água poderão ir para a geladeira, porque a refrigeração destrói os ingredientes ativos da vitamina. Esta é a razão de ter que comprar, semanalmente, a abóbora, pois, fora da geladeira, ela se estraga rapidamente.

Referência:
[1] Salvatore de Salvo e Mara Teresa de Salvo, Novos Segredos da Boa Saúde, Editado pela Biblioteca 24x7 [ www.biblioteca24x7. com.br ], São Paulo-SP, novembro 2008.

Vegetais vs Óssos

Já são reconhecidos como fontes de vitaminas, os vegetais, principalmente aqueles de cor verde escura, como brócolos, couve, couve-flor, espinafre e agrião, são excelentes para fortificar os ossos. Pesquisadores da Universidade de Berna, na Suíça, descobriram que a ingestão desses vegetais ajuda a aumentar a densidade óssea em até 3%, tudo isso porque esses alimentos são ricos em cálcio e vitamina D.

Aromáticas: Decocção

Decocção

A decocção é usada para extrair as substâncias das partes mais difíceis da planta: as bagas, a casca e as raízes. Corte tudo, bem fino para extrair todas as propriedades, da planta. Ferve-se durante 10 minutos.

30g de ervas secas e 40g de ervas frescas e 800 ml de água.

Dia - 25/10 - Tinturas

domingo, 16 de outubro de 2011

Plano contra o sedentarismo

Melhore a sua saúde em apenas 4 semanas

Sedentarismo e saúde são incompatíveis. Se padece de excesso de peso, diabetes, hipertensão, artrose ou cansaço, entre outros transtornos, parte do tratamento consiste em andar a pé. Ajudamo-lo a dar o primeiro passo.

Este manual da caminhada vai permitir-lhe acabar com o sedentarismo e ganhar saúde em um mês. Se jamais se havia proposto ir a pé para além do fim da sua rua, por que iria fazê-lo agora que se cansa com maior facilidade? Precisamente por isso.

Andar a pé com regularidade pode fazer maravilhas por si: aumenta as suas defesas, recupera a força e a vitalidade do corpo, afugenta as dores, queima calorias, baixa o nível de açúcar no sangue, controla a tensão arterial, melhora o seu estado de ânimo, ajuda-a a dormir com mais facilidade... rejuvenesce-o!

Precisa de mais motivos? Para a ajudar a dar o primeiro passo, desenvolvemos este plano para caminhar, em colaboração com o médico de Medicina Desportiva Marcos Miranda. No espaço de quatro semanas notará uma grande melhoria.

Antes de começar, adapte este plano às suas possibilidades. Para evitar problemas e tirar o máximo partido da sua caminhada, consulte um médico. É imprescindível se tiver mais de 45 ou 50 anos e nunca fez qualquer tipo de exercício ou padece de algum problema cardíaco, hipertensão, tonturas, transtornos articulares ou de ossos. Peça conselhos personalizados antes de começar.
1ª SEMANA

Para ir adquirindo o hábito, comece por andar 20 minutos, duas vezes por semana, por exemplo, terça e sexta-feira.

Segunda-feira Aprenda a andar correctamente, em casa: primeiro, apoie o calcanhar no chão e depois a planta e os dedos, balançando-se para a frente de forma natural, sem forçar o pé em nenhum momento.

Terça-feira Comece a andar devagar e vá acelerando até chegar ao seu máximo aos cinco minutos. Após 10 minutos a caminhar, vá reduzindo o ritmo durante cinco minutos até terminar o percurso devagar.

Quarta-feira Ensaie a postura correcta para caminhar. Mantenha as costas direitas e os ombros relaxados para acompanhar livremente com os braços o movimento natural dos pés.

Quinta-feira Quando sair do supermercado ou do trabalho, treine não só a forma de pisar como a postura aprendida. Distribua o peso por ambos os pés e mantenha-os direitos.

Sexta-feira Saia para caminhar e siga as mesmas indicações dadas na terça-feira. Aplique nesta caminhada o movimento controlado dos braços para que lhe dêem impulso.

Sábado Se estiver com amigos, comente que começou a andar a pé. Reforçarão a sua decisão. Pode até incentivá-los a tentar o mesmo ou que a acompanhem. Assim, o exercício nunca se tornará aborrecido.

Domingo Levante-se cedo e saia para comprar pão ou o jornal. Aproveite para dar um passeio. Assim, irá deixando para trás este modo de vida sedentário.


 2ª SEMANA

Aumente o tempo do percurso para 30 minutos. Antes de começar a andar, faça sempre exercícios de aquecimento e, depois, alongamentos.

Segunda-feira Compre um podómetro. Este aparelho mede o número de passos que dá, os quilómetros que faz e o tempo empregue no percurso. Assim, poderá comprovar os seus progressos.

Terça-feira Faça o aquecimento e comece a andar, acelerando a marcha para chegar ao seu ritmo máximo aos cinco minutos. Passados 20 minutos, vá reduzindo outros cinco minutos até terminar. No final, alongue.

Quarta-feira Se notar algum incómodo nos pés, talvez necessite de usar calçado mais adequado; assegure-se que utiliza sapatos desportivos: transpiráveis, de sola firme, flexível e com amortecimento, sobretudo nos calcanhares.

Quinta-feira E xperimente respirar bem. Assim poderá andar cada vez mais sem se cansar. Inspire e expire profundamente e o mais devagar possível que lhe permita o ritmo cardíaco.

Sexta-feira Já está em condições de controlar a sua forma de pisar, a postura e a respiração. Siga as orientações definidas para a sua caminhada tendo em conta todos estes aspectos.

Sábado Se for para o campo e quiser andar um pouco, calce botas de montanha com sola dura e calcanhar fofo. Se for para a praia, ande descalço e a bom ritmo, sem se esforçar demasiado, mas sentindo a massagem da areia e do mar.

Domingo Se tem amigos aficionados na caminhada e quiser ir com eles para lhes mostrar os seus progressos, não fale muito enquanto caminha, para não se cansar.

3ª semana

Aumente as suas caminhadas para três dias por semana (segunda, quarta e sexta-feira, por exemplo). O tempo do percurso continuará o mesmo: 30 minutos

Segunda-feira Siga as mesmas recomendações de caminhada da semana anterior. Se quiser, já pode acelerar mais e aumentar o ritmo das suas pulsações, para aumentar a sua resistência. Compre um pulsómetro: permite-lhe manter o controlo permanente da pulsação.

Terça-feira Quer reforçar a sua forma física nos dias em que não faz caminhada? Suba escadas, faça uma parte do trajecto para o trabalho a pé ou desça do autocarro/comboio uma paragem antes. Assim, estará a praticar a sua técnica de caminhada quase sem dar conta.

Quarta-feira Hoje é dia de andar, mas tem de ir ao supermercado: não faça a caminhada carregando sacos, o corpo não vai equilibrado e a postura não é boa; as costas também sofrerão.

Quinta-feira
Se, apesar de ter bons sapatos desportivos, agora que anda mais os pés a incomodam, visite o podólogo. Pode dar-se o caso de ter pé chato ou calos.

Sexta-feira Pode começar a fazer metade do trajecto num plano inclinado (subir uma encosta, por exemplo). Causar-lhe-á menos esforço se der passos mais curtos. Não se canse e vigie bem as suas pulsações.

Sábado Se tiver de ir a algum lado, às compras por exemplo, pode aplicar a técnica da caminhada, se lhe apetecer, desde que não o faça carregada de sacos. Leve roupa e calçado confortáveis.

Domingo É o dia ideal para passear ao ar livre com a sua família. Incentive-os a respirar consigo, lenta e profundamente, enquanto caminham e desfrutam a paisagem.

4ª SEMANA

Continue com os três dias e 30 minutos. Para aumentar o esforço ao caminhar, pode levar pesos: existem pesos próprios para usar como pulseiras à volta dos pulsos ou dos tornozelos

Segunda-feira Tire mais partido da sua caminhada: dê passos mais largos e trabalhará mais os músculos das coxas e glúteos. Mas continue a controlar a postura e a respiração.

Terça-feira Dá-se conta de que andar a pé é investir em saúde? Seria ainda mais perfeito incluir na sua vida outra actividade que suponha movimento, como dançar, andar de bicicleta...

Quarta-feira
Se subiu demasiadas escadas ou encostas e nota que se excedeu, diminua o ritmo e faça respirações profundas até ficar bem.

Quinta-feira Nos dias de não andar, aproveite a hora do almoço para fazer o gosto aos pés. Convença os seus colegas a ir ao restaurante mais afastado ou, se for sozinho, vá ouvindo música pelo caminho.

Sexta-feira
Se for aumentando o ritmo e a duração das suas caminhadas pode sentir uma cãibra nos gémeos. A solução: pare, alongue o músculo e massaje-o para o aquecer.

Sábado
Se estiver no campo, experimente subir terrenos com maior desnível, mas sem se exceder. Será mais seguro e divertido fazê-lo com companhia.

Domingo A partir de agora, pode aumentar o percurso e o ritmo da suas caminhadas ou pode andar mais dias da semana. Sentir-se-á tão bem que o próprio corpo lhe vai pedir para continuar.


Texto:
Fernanda Soares com Marcos Miranda (médico do Centro Nacional de Medicina Desportiva e Clínica CUF-Alvalade e membro da direcção da Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva)

A responsabilidade editorial desta informação é da revista Prevenir  

sábado, 15 de outubro de 2011

Plantas adelgaçantes

São colhidas na natureza e oferecem benefícios únicos, graças aos seus poderosos princípios ativos. Nas próximas páginas, mostramos-lhe as plantas medicinais mais eficazes no combate aos quilos extra. Como atuam no organismo e de que forma podem ser administradas? Descubra a resposta a estas e outras questões já a seguir.

1 - Ao nosso dispor, temos uma vasta variedade de espécies de plantas que atuam de diferentes formas no organismo, podem ser saciantes, depurativas ou laxantes. Agora, falamos-lhe das saciantes. As plantas que aumentam o volume do sistema digestivo, causando a sensação de estômago cheio e que devem ser administradas cerca de meia hora antes das refeições.

2 - O glucomanano é uma fibra de uma leguminosa que quando chega ao estômago dilata-se, formando um gel que produz saciedade e que atrasa a absorção dos lípidos e dos hidratos de carbono. As suas mucilagens contêm um tipo de fibra que confere um efeito laxante. Deve tomar 1 grama duas vezes por dia.

3- A figueira-da-índia, quando é ingerida 30 minutos antes das refeições, diminui o apetite. As suas mucilagens incham no estômago, provocando uma redução do volume gástrico. Deve tomar entre 100 a 500 gramas do gel fresco ou seco duas a três vezes por dia.

4 - A tanchagem maior ou plantago maior é a planta ideal para dietas de emagrecimento. Além de induzir sensação de saciedade, diminui a absorção de hidratos de carbono e melhora a flora intestinal. As suas folhas podem ser utilizadas em chá. Deve tomar cerca de 40 gramas de folhas para um litro de água.

5 - A espirulina é uma planta marinha (alga) que se dilata no estômago, provocando sensação de saciedade, o que faz com que ingiramos menos alimentos. Esta alga é capaz de sintetizar substâncias nutritivas e ajuda a controlar o apetite. Deve tomar 2 a 4 gramas por dia.

6 - A gomaguar é outra planta saciante. A sua viscosidade provoca uma sensação de estômago cheio durante mais tempo. Adicionalmente, a sua fibra solúvel ajuda a manter os níveis de açúcar e de colesterol. Deve tomar 5 a 20 gramas por dia, consoante os casos.

7 - As plantas lipolíticas e termogénicas também ajudam a emagrecer, já que os seus princípios ativos conseguem diminuir os depósitos de gordura. São mais conhecidas como plantas queima-gorduras. Estimulam a combustão dos lípidos (gorduras) e impedem a produção de mais adipócitos (células que armazenam gordura).

8 - Conhecido pela sua reconhecida ação queima-gordura, a guaraná contém cafeína e uma boa dose de polifenóis que estimulam o sistema nervoso e aceleram o metabolismo. Devido à sua ação estimulante, deve evitar doses excessivas. O recomendável é um grama duas vezes por dia, após as refeições.

9 - A laranja amarga, uma subespécie da laranjeira-doce (árvore que dá a laranja vulgarmente consumida), favorece a libertação e a combustão das gorduras acumuladas, aumentando a energia. Ajuda ainda a eliminar a celulite e a controlar o apetite. Pode utilizar as cascas das laranjas amargas ou tomar comprimidos (estandardizados para 6% de sinefrina), cerca de 150 a 300 mg por dia.

10 -  O chá verde é um dos melhores aliados de uma dieta de adelgaçamento. Os seus antioxidantes, designados catequinas, deram provas da sua eficácia. Uma pesquisa da American Society for Nutrition garante que esta bebida é eficaz na redução da massa gorda abdominal e da gordura abdominal subcutânea.

11- Segundo os autores do mesmo estudo, o efeito termogénico das catequinas ajuda o organismo a gastar, sob a forma de calor, a energia dos alimentos em vez de a armazenar sob a forma gordura.

12 - De acordo com as conclusões de um outro estudo realizado na Universidade de Oklahoma, nos Estados Unidos da América, o consumo de chá verde, em forma de infusão ou em cápsulas, durante 8 semanas, reduz de forma significativa o peso corporal e o índice de massa corporal, além de exercer um efeito positivo nos níveis de colesterol e dos triglicéridos.

13 - Outras plantas muito eficazes na perda de peso são as plantas inibidoras da lipogénese. Estas plantas diminuem a acumulação dos depósitos de gordura. Ao reduzir a atividade das lipases (lipoproteínas), evitam a transformação dos hidratos que são ingeridos em gorduras (lipogénese).

14 - A garcinia cambogia é considerada pelos especialistas a melhor espécie na inibição da lipogénese. Esta planta contém ácido hidroxítrico (HCA) que inibe a lipogénese (processo que transforma os hidratos de carbono em gorduras, que serão armazenadas no tecido adiposo), evitando que as gorduras se acumulem em excesso no organismo. Deve tomar entre 450 a 500 mg de extrato (estandardizado a 50% de HCA), duas a quatro vezes por dia.

15 - Nalguns casos, o excesso de peso está associado a um mau funcionamento do aparelho digestivo e, por isso, as plantas que conseguem regular esta função podem contribuir para a redução de peso.

16 - As folhas da alcachofra, além de drenantes, atuam sobre a prisão de ventre, graças à ação da cinarina que estimula a secreção biliar. Pode tomar 1 a 2 ml de xarope por dia. Em comprimidos, é aconselhável entre 0,5 a 2 gramas por dia.

17 - O aloé vera estimula o funcionamento intestinal, através das suas substâncias fitoquímicas que ajudam o organismo a eliminar gorduras. Para resultados eficazes, deve ser combinada com plantas lipolíticas como o chá verde ou a laranja amarga. Deve tomar entre 2 a 5 ml do gel, uma ou duas vezes por dia e entre 50 a 100 mg por dia, em comprimidos ou em cápsulas do pó do látex.

18 - O ortosifão é recomendado em dietas de adelgaçamento quando existe retenção de líquidos. A sua ação diurética deve-se à sua composição rica em sais minerais, óleos essenciais e flavonoides. Em comprimido, deve tomar cerca de 600 mg, duas vezes por dia. Em chá, é recomendável utilizar uma colher de sopa por chávena, duas vezes por dia.

19 - A cavalinha ajuda o organismo a eliminar líquidos e toxinas e diminui a fadiga que surge associada a algumas dietas. Em comprimidos, deve tomar entre 500 mg a 1 g, por dia. Em chá, deve beber uma colher de sopa (fervida durante um minuto) até três vezes por dia.

20 - As sementes de linhaça também são conhecidas pelo seu efeito laxante, graças ao seu conteúdo de fibra. As sementes inteiras podem ser utilizadas em infusão ou adicionadas à alimentação (em cereais, iogurtes ou bolos). Deve tomar entre 1 a 2 colheres de sopa, por dia. Em cápsulas, pode tomar entre 3 a 6 gramas por dia, às refeições.

21 - Não se esqueça que, para uma dieta bem sucedida, a toma destas plantas deve ser combinada com uma alimentação cuidada e com a prática regular de exercício físico.

22 - Juntamente com estas plantas é necessário fazer exercício, principalmente musculação, pois os músculos continuam a queimar energia até 48 horas depois da atividade física.

23 - Durma, pelo menos, 8 horas por dia, deitando-se até às 23h, de forma a aumentar a produção de leptina, uma hormona produzida pelas células adiposas que controla o peso, dizendo ao cérebro a quantidade de energia armazenada.

24 - Coma uma peça de fruta 30 minutos antes da refeição e uma sopa sem abóbora, batata ou cenoura sempre antes do prato principal.

25 - Se tiver tendência para estados de depressão, coma dois a quatro quadrados de chocolate preto, 30 minutos antes da refeição ou quando tiver picos de fome.

26 - Em caso de aumento do apetite antes do período menstrual, pode tomar anho casto (200 mg, duas vezes por dia) ou óleo de onagra (um grama, duas vezes por dia).

Fonte. Sapo Saude

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

50 ingredientes saudáveis

:) 0 . A variedade é tanta que, muitas vezes, esquecemo-nos de incluir alimentos imprescindíveis na nossa alimentação diária. Dos mais conhecidos aos mais alternativos, descubra as vantagens nutricionais de meia centena de ingredientes fundamentais.

:) 1 . O milho é um ótimo aliado do sistema nervoso, tem propriedades anticancerígenas e é fonte de ferro, magnésio, potássio, zinco e vitamina B3. 100 gramas equivalem a 371 calorias.

:( 2. Ao contrário do que possa pensar, os croutons são ricos em fibra, ferro e cálcio. No entanto, para criar uma versão mais saudável, faça uma torrada de pão integral e corte-a aos cubos. 100 gramas equivalem a 407 calorias.

:( 3.A massa é composta por trigo e água, sendo fonte de hidratos de carbono. 25 gramas de massa crua equivalem a 100 gramas de massa cozida. 100 gramas equivalem a 101 calorias.

:) 4. A couve roxa é uma ótima fonte de fibra, vitaminas A, C, K e B6, assim como cálcio, entre outros minerais. 100 gramas equivalem a 23 calorias.

:) 5.A cebola é uma fonte de fibra, vitamina B6, ácido fólico, potássio, manganésio e vitamina C. Ajuda a diminuir os níveis de colesterol. 100 gramas equivalem a 17 calorias.

:) 6. No que toca aos cereais, prefira os integrais pois são mais saudáveis e saciantes, ajudando a controlar o peso. Ainda pouco conhecido dos portugueses, o bulgur é uma excelente fonte de fibra e magnésio, oferece pouca gordura, colesterol e sódio. 100 gramas equivalem a 83 calorias.

:) 7.O cuscus é uma ótima fonte de selénio, um nutriente anti-inflamatório, mas também de hidratos de carbono. Contém pouca gordura saturada, colesterol e sódio. 100 gramas equivalem a 112 calorias.

:) 8.A quinoa é uma fonte de proteínas e hidratos de carbono, contém ferro, magnésio, fósforo e manganésio. 100 gramas equivalem a 374 calorias.

:) 9.As sementes de sésamo contêm antioxidantes, beneficiando o sistema nervoso. As de girassol são ricas em ácidos gordos essenciais ómega 3 e 6 e as de abóbora contêm vitaminas do complexo B, ómega 3 e vários minerais. 100 gramas equivalem a cerca de 500 calorias. Não abuse!

:) 10.A curgete é rica em minerais, vitaminas do complexo B e fibras solúveis que ajudam a regularizar os intestinos. 100 gramas equivalem a apenas 17 calorias.

:) 11.O pimento, com ação antibacteriana e estimulante, é fonte de potássio, betacaroteno, ácido fólico, vitamina B e C. 100 gramas equivalem a 22 calorias.

:) 12. A alface possui cálcio, magnésio, fósforo, fibra, vitamina A, C, K, B6, ferro, potássio e manganésio. O pepino, por seu lado, oferece sais minerais e vitamina A, B e C. Já o tomate, muito apreciado, tem vitamina A, C e ácido fólico, sendo também rico em minerais, como cálcio ou fósforo. A endívia contém nutrientes anti-inflamatórios e os espargos são uma boa fonte de proteínas.

:) 13. Os cogumelos são uma boa fonte de cálcio, ferro, magnésio, vitamina B3, B5, ácido fólico e minerais. 100 gramas equivalem a apenas 14 calorias.

:) 14.O agrião contém vitamina E, A, C, K, ferro, cálcio, fósforo, potássio e manganésio. 100 gramas equivalem a 23 calorias.

:) 15.O espinafre é rico em fibra, proteínas, vitaminas B6 e antioxidantes, cálcio, ferro, fósforo, potássio e manganésio, sendo altamente saciante. 100 gramas equivalem a 22 calorias.

:) 16.O rabanete é uma boa fonte de cálcio, magnésio, potássio, fósforo, betacaroteno, ácido fólico e vitamina C. 100 gramas equivalem a 13 calorias.

:) 17.A uva oferece vitamina A, B, C, potássio, cálcio, sódio, magnésio, ferro, manganês e silício, sendo fonte de antioxidantes. Mas, cuidado, é um dos frutos mais ricos em açúcar. 100 gramas equivalem a 72 calorias.

:) 18.A framboesa é rica em fibra e vitamina C, tem uma ação anticancerígena, é uma aliada contra a obstipação e ajuda a controlar os níveis de colesterol. 100 gramas equivalem a 34 calorias.

:) 19.O mirtilo faz parte do grupo de alimentos mais ricos em antioxidantes, é laxante, melhora a circulação e é um amigo dos olhos. 100 gramas equivalem a 57 calorias.

:) 20. Basta uma banana por dia para suprir as necessidades diárias de potássio e magnésio. Também é rica em vitaminas B2, B6 e B9 e C. Madura oferece muitos hidratos de carbono. 100 gramas equivalem a 90 calorias.

:) 21.A melancia é refrescante e diurética. Mais de 90 por cento da sua composição é... água. Oferece potássio e vitamina C. 100 gramas equivalem a 30 calorias.

:) 22.A maçã é muito rica em fibra e em pectina, ajuda a reduzir o apetite, a vontade de comer doces e diminui a taxa de colesterol. 100 gramas equivalem a 57 calorias.

:) 23.Uma única manga fornece a quantidade diária recomendada de vitamina A mas também é fonte de vitamina C. É o fruto que contém mais ferro. 100 gramas equivalem a 60 calorias.

:) 24.O ananás é rico em vitamina C, betacaroteno, cálcio, magnésio, potássio e fósforo. Contém uma enzima com propriedades antivirais. 100 gramas equivalem a 44 calorias.

:) 25.O abacate é rico em ácidos gordos insaturados, aumenta a taxa de bom colesterol e ajuda a diminuir o índice de mau colesterol. Inclui vitamina A, B, C e E e é fonte de inúmeros minerais. 100 gramas equivalem a 108 calorias.

:) 26. A lentilha é rica em hidratos de carbono e possui agentes anti-inflamatórios, como vitamina C, zinco e folato. 100 gramas equivalem a 101 calorias.

:) 27.O feijão-frade integra a lista de alimentos mais ricos em antioxidantes. 100 gramas equivalem a 116 calorias.

:) 28.A ervilha oferece minerais, fibras e proteínas, contribuindo para o controlo do apetite e favorecendo a função hepática. 100 gramas equivalem 84 calorias.

:) 29. 0 grão-de-bico é uma fonte de fibra, possui vitamina B1, B2 e B3, bem como ferro, potássio e cálcio. Ajuda a baixar os níveis de colesterol e a controlar a pressão arterial. 100 gramas equivalem a 330 calorias.

:) 30.Os rebentos de soja fornecem proteína e são ricos em compostos anticancerígenos. 100 gramas equivalem a 122 calorias.

:) 31. A avelã é rica em ácidos gordos, ferro, cálcio, vitamina E e B6, magnésio e manganésio. E as amêndoas são uma fonte de proteína vegetal. Contêm magnésio, vitaminas B, ómega 3 e 6, favorecendo a fertilidade e a libido.

:) 32. O pinhão é uma fonte de proteínas, cálcio, magnésio, zinco e vitaminas do complexo B. Por sua vez, a noz é rica em ácidos gordos essenciais, cálcio, ferro, magnésio, fósforo, zinco, potássio, ácido fólico vitamina C e E.

:) 33. Defenda-se da hipertensão substituindo o sal por ervas aromáticas. O manjericão possui propriedade calmantes.

:) 34. Os coentros são uma outra ótima sugestão. Pique-os e guarde-os no congelador. O sabor mantém-se.

:) 35. A salsa é rica em polifenóis e em substâncias antioxidantes.

:( 36. O queijo fresco contém apenas 15 por cento de gordura. Prefira as versões pasteurizadas. 100 gramas equivalem a 108 calorias.

:( 37. O tofu é um excelente substituto da carne e rico em magnésio. Ajuda a controlar os níveis de colesterol. 100 gramas equivalem a 76 calorias.

:( 38. O queijo feta é uma boa fonte de proteína, riboflavina, vitamina B12, cálcio e fósforo. Use mas não abuse, uma vez que este alimento contém gordura saturada. 100 gramas equivalem a 264 calorias.

:( 39. O queijo mozzarella é uma boa fonte de proteína, vitamina B12, cálcio e fósforo. Consuma com moderação pois contém gordura saturada. 100 gramas equivalem a 247 calorias.

:( 40. O peito de frango é uma carne magra, mais saudável do que a vermelha, de fácil digestão e rica em ferro, zinco, fósforo e vitaminas B3, B6 e PP. 100 gramas equivlem a 169 calorias.

:( 41. As gambas são uma boa fonte de zinco, ferro, selénio e vitamina E. 100 gramas equivalem a 100 calorias.

:( 42. A clara do ovo oferece uma proteína essencial, ao passo que a gema é rica em lípidos, colesterol, sais minerais, vitamina A, B e luteína. 100 gramas equivalem a 149 calorias.

:( 43. O atum é uma das melhores fontes de ómega 3, contendo selénio, zinco e vitaminas B12, B6 e A. 100 gramas equivalem a 214 calorias.

:( 44. A sardinha é rica em gordura insaturada, benéfica para o funcionamento cardiovascular e possuiu bons níveis de cálcio. Cada 100 gramas em conserva de azeite equivalem a 186 calorias.

:( 45. O salmão, para além de vitamina D, selénio e cálcio, contém ácidos gordos ómega 3, que combatem a depressão e favorecem o sistema cardiovascular. 100 gramas equivalem a 273 calorias.

:) 46. No que se refere aos temperos, também a variedade é grande. Mostramos-lhe as suas propriedades e dizemos-lhe como deve utilizá-los. Os cominhos, por exemplo, devem ser moídos no momento para o seu sabor durar mais tempo. O gengibre tem propriedades anti-inflamatórias e melhora a circulação. Já o alho ajuda a baixar o colesterol e a controlar a tensão arterial.

:) 47. O azeite é composto essencialmente por ácidos gordos monoinsaturados e substâncias antioxidantes, ajudando a prevenir doenças cardiovasculares. O molho de iogurte :(é uma ótima alternativa à maionese, muito menos calórico e mais saudável. Até a mostarda consegue ser mais saudável, oferecendo um teor de gordura muito mais baixo.

:) 48. O vinagre de sidra contém pectina, vitaminas e minerais. O sal em excesso pode ser perigoso para o coração. Deve, por isso, ser usado com moderação. Uma pitada é quanto basta. No tempero das saladas pode também usar sumo de limão. Esta fruta contém potássio, betacaroteno e vitamina C.

:) 49 As especiarias também podem ajudar a transformar o sabor dos seus pratos. Os óregãos resultam especialmente bem em saladas em que o tomate e o azeite são os protagonistas. A pimenta estimula a digestão. O cardomomo também pode ser um ótimo tempero. Para isso, conserve-o num frasco hermético.


Fonte: Sapo Saude

O leite da terra deixou sua opinião :) Positivo    -   :(  Negativo

Panelas furadas 1 - 2 e 3.

Ao espremer o conteúdo com suas próprias mãos são estimuladas as trocas de informações entre você e os modelos vivos utilizados: as sementes germinadas, as frutas, os legumes e as verduras .  

Permitem ao utilizador usar as mãos, censor humano com grande numero de terminais nervosos, despertando e favorecendo  as transmutações biológicas  desejadas pelo seu proprio organismo.  (Kervan, Salvatore de Salvo)






Encomendas para Portugal.

Se desejar
comprar uma ou todas as panelas furadas,
o Leite da Terra comercializa-as.

6 € por unidade com depesas de correio incluidas.

15 € pelo "trem de cruzinha" (1, 2 e 3) com despesas de correio já incluidas.

Encomendas: leitedaterra@gmail.com
Pagamento por transferencia bancária
Com o  seu pedido, não esqueça de indicar:
nome, da morada  e contacto telefonico 

A Panela Furada 1 é confeccionada em organza ou voil (aquele tecido de cortina), tem poros bem estreitos e é usada somente para coar o suco luz do sol, os sucos verdes e os leites de sementes.
Gera líquidos bens fluidos e com baixo teor de fibras, criando uma condição de digestabilidade quase imediata. Portanto, é fundamental no preparo dos sucos que serão tomados em JEJUM. É também adequada para uso geral e, mais especificamente, em caso de pessoas doentes, muito desvitalizadas, em convalescença e crianças.
A Panela Furada 2 tem poros com cerca de 1 mm de diâmetro, e é indicada para coar sucos em geral. Por ser intermediária, é a panela mais versátil da cozinha crua e viva, ou melhor, da cruzinha.
Gera líquidos um pouco mais cremosos e mais ricos em fibras, sendo ideal para diabéticos e pessoas com problemas de constipação. Também para os sucos que serão tomados ao longo do dia.
A Panela Furada 3 tem poros com cerca de 2-3 mm de diâmetro. É indicada para coar frutas macias que não precisam ser liquefeitas previamente como a banana, a fruta-do-conde, a melancia, a jaca mole, a uva, a manga, a fruta-de-conde, o caqui ou a goiaba.
Pode ser usada também para secar folhas verdes, germinar sementes e até servir de chucha. Assim: coloque um pedaço de banana ou maçã dentro, monte uma chucha e deixe que a criança chuche: muito mais saudável que chuchar borracha cheia de aditivos químicos!

Encomendas:
Em Portugal -  leitedaterra@gmail.com - individuais ou trem de cruzinha (3 panelas)
No Brasil - Doce Limão

Aromáticas - Sabonete caseiro!!!



Pode também ver aqui.... http://youtu.be/xk2bgg7giA0

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Aromáticas: Infusão, Chá ou Tisana


Infusão - Chá - Tisana

Usada para preparar as partes mais delicadas das plantas, por ex: folhas, flores, sementes
Use sempre um bule para o chá e outro para as outras infusões de ervas . O tanino sobrepõe-se a ervas e alterá suas propriedades.
As infusões devem ser sempre tapadas, pois há ervas que tem óleos voláteis que evaporam perdendo assim muitas das suas vantagens medicinais. Use bules com tampas e escaldados, ou um pires sobre a chávena escaldada.

Por chávena – 3g de ervas secas e 4g de ervas frescas.
Por bule – 30 g de ervas secas e 40g de ervas frescas e água a ferver
No bule coloque as ervas no bule escaldado e a água fervendo por cima das ervas. Tape e espera 10 minutos. Coe o chá para as chávenas com um passador.


Dia 18/10 - Decocção

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Leite de Arroz, Quinoa e Cacau

Junte:

1 copo de arroz integral e germinado (12h + 8h + 8h)
1/2 copo de leite de Quinoa (12h + 8h + 8h)
2 copos de água
3 colher de cacau cru e puro ou farinha de alfarroba
stevia ou agave a gosto

Bata tudo muito bem ate obter um leite grosso e cremoso, coe duas vezes na panela furada mais fina.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Aromáticas: Dosagens para as Receitas



Dosagens para todas as nossas receitas de aromáticas.
Uma chávena = 200 ml
Um bule = 600 ml
Um colher de chá = 5 ml
20 Gotas = Um ml
Um copo = 70 ml
Rotule sempre os francos com o nome da erva e a data de preparação. Tenha sempre a mão um glossário de ervas e de doenças.

Orientações gerais de dosagens:
Bebés até 6 meses e grávidas e mãe que estejam amamantar – só com orientação de um profissional responsável.
Bebés até 1 ano – 1/10 da dose de adulto.
Crianças de 1 a 7 anos – 1/3 da dose de adultos
Crianças de 7 a 13 anos – ½ da dose de adulto.
Adultos:
Infusão - 2 a 4 chávenas por dia
Decocção 2 a 4 chávenas por dia
Tintura – 5 ml de 2 a 4 vezes por dia.

Dia 11/10 - Infusão - Chá - Tisana

Carne no prato, diabete à vista?

De uns tempos pra cá, a carne vermelha é vista com desconfiança. E o pé atrás é compreensível: estudos recentes indicam que abusar no consumo aumenta o risco de ter doenças cardiovasculares e certos tipos de tumores. Agora, uma ampla pesquisa realizada pela Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, traz à tona uma nova e perigosa relação. Depois de acompanhar mais de 200 mil pessoas por uma média de 20 anos, os cientistas concluíram que comer 100 gramas de carne vermelha por dia, o equivalente a um bife, oferece um risco 19% maior de desenvolver diabete do tipo 2. Para aqueles que preferem abocanhar 50 gramas de embutidos, como uma salsicha ou dois pedaços de bacon, a história é mais desanimadora, já que o risco sobe para 51%.

"Uma das hipóteses para explicar o perigo representado pela carne vermelha é a presença de ferro do tipo heme. Ao que tudo indica, doses elevadas do mineral causam resistência à insulina", conta An Pan, líder do trabalho. Trocando em miúdos: quando o famoso hormônio que transporta a glicose para dentro das células tem dificuldade para exercer sua tarefa, o sangue fica lotado de açúcar e, com isso, o diabete dá as caras.

Outras teorias, vale ressaltar, não foram descartadas. Uma delas coloca a culpa na alta concentração de gordura saturada encontrada nos bifes. "Essa explicação é mais plausível. Afinal, já se sabe que exagerar nessa gordura cria um processo inflamatório no pâncreas, órgão que produz a insulina", avalia o endocrinologista Antônio Lerário, diretor da Sociedade Brasileira de Diabetes.

No caso das versões processadas, há um agravante: elas são munidas de conservantes como nitratos e sal. An Pan explica: "Os nitratos são convertidos em nitrosaminas, substâncias consideradas tóxicas para as células beta do pâncreas, responsáveis por fabricar a insulina. Já o exagero no sódio do sal está associado à resistência ao hormônio".

Mesmo que os resultados não sejam conclusivos, o endocrinologista Airton Golbert, presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, acredita que o trabalho merece atenção. "Diminuir o consumo de carne já era sugerido para evitar problemas cardíacos. E esse dado inédito, que é o elo com o diabete, deve nos levar a pensar mais uma vez nessa redução", afirma.

A nutricionista Semíramis Domene, professora da Universidade Federal de São Paulo, na Baixada Santista, corrobora o conselho: "Ninguém precisa tirar a carne bovina da dieta, até porque o ferro heme é o mais bem aproveitado pelo corpo. Mas sua ingestão pode ficar restrita a duas ou três vezes na semana, sendo que a porção deve ter o tamanho de uma carta de baralho". Aqui é preciso salientar que estamos falando de adultos, já que as crianças, adolescentes e grávidas precisam de um aporte mais caprichado do mineral para afastar a possibilidade de ter anemia, um quadro bem sério e recorrente no Brasil. "Para esses grupos, indicamos o consumo diário, mas em quantidades moderadas, é claro", frisa Semíramis.

Ainda de acordo com a pesquisa de Harvard, quem substituiu a carne vermelha por grãos integrais, nozes ou alimentos com baixo teor de gordura afugentou o diabete. Portanto, nos dias em que topar seguir a sugestão dos especialistas e deixar o bife fora do prato, aposte nessas boas fontes de proteínas. Semíramis dá mais ideias: "No reino animal, a melhor opção são os peixes, sobretudo os magros. E os ovos estão liberados duas vezes por semana". Para abastecer o corpo de ferro, a sugestão é combinar leguminosas, como feijão, grãode- bico e soja, a reservas de vitamina C na mesma refeição. "Entre uma garfada e outra de arroz com feijão, beba suco de laranja, limão ou acerola", exemplifica a nutricionista. "Assim, o ferro de origem vegetal se torna mais solúvel e o organismo consegue aproveitá-lo com maior eficiência."

Troca-troca
Alguns alimentos podem suprir o rico conteúdo de proteínas e ferro da carne vermelha quando ela não entrar no menu. Veja:

Proteína
Aposte em peixes magros e misturas de cereais integrais com leguminosas, como arroz e feijão. O ovo tem sinal verde duas vezes por semana.

Ferro
Associe leguminosas a fontes de vitamina C na mesma refeição. Por exemplo: ao comer feijão, tome suco de laranja. Assim, o ferro de origem vegetal é mais bem absorvido pelo organismo.

Fonte: Saude Abril

Nota do Leite da Terra - Ainda há quem tenha dúvidas... mas cada dia que passa estudos científicos comprovam os problemas que a carnes podem causar.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Suco com frutas da memória

Frutas como a maçã, presente neste suco, ajudam a fortalecer a memória.

ingredientes
1 laranja ou ½ copo de suco de laranja
1 maçã com casca
6 morangos
modo de preparo
Higienize bem todas as frutas, pique e bata tudo no liquidificador com um pouco de água e gelo.

Rendimento: 2 copos

Sugestão: Pode acrescentar outras frutas com as mesmas propriedades, como o kiwi e a uva.

Propriedades nutricionais: As frutas são ricas em fisetina, um fitoquímico que pode atuar beneficamente na memória.


Globo Reporter

domingo, 2 de outubro de 2011

Caldeirada de frutos do mato

Couve-flor está entre os ingredientes desta receita, feita apenas com produtos da horta.

Hortaliças:
1 maço de couve-flor
1 maço de brócolis
1 berinjela
½ repolho branco ou roxo
½ maço de cebolinha
3 unidades de shiitake grande
Outros produtos de horta a gosto

Sementes:
100g de trigo
100g de cevadinha
100g de gergelim branco

Temperos:
Miso
Cúrcuma
Louro
Pimenta dedo-de-moça
Almeirão
Chicória
Salsa ou coentro
Azeite extravirgem

modo de preparo
Picote o brócolis, o repolho e a berinjela. Prense-os com miso até brotar o néctar. Picote as outras hortaliças e coloque-as em uma panela de barro em fogo baixíssimo, prensando levemente com os temperos até atingir o amornamento. Adicione shiitake fatiado. Sirva com azeite extravirgem.

Fonte: Oficina da Semente

sábado, 1 de outubro de 2011

Suco de batata-doce

Veja como é fácil preparar esta bebida que mistura batata-doce e maracujá. ingredientes

1 batata-doce média com casca
3 maracujás
2 limões (nunca use açucar)
mel ou agave

modo de preparo
Liquidifique a batata doce com água e coe em peneira bem fina, depois adicione o suco do maracujá e do limão e açúcar a gosto. Sirva preferencialmente gelado.

Dica: Reserve o resíduo para fazer bolo.

Fonte: Maria da Conceição Oliveira Hamester, voluntária da Pastoral da Criança em Curitiba.

Smoothie de abóbora

Abóbora fresca
Amêndoas
Água de boa qualidade
gengibre

Bata tudo até obter o SEU smoothie. Passe pela panela furada mais grossa e divirta-se!

Minha inspiração

LISBOA - Veganário Fest: três dias pela libertação animal e humana

É o único festival vegano do país e começa já hoje. Na Faculdade de Letras de Lisboa, o Veganário Fest propõe três dias de informação, debate, música e, claro, comida vegana. Três dias sobre activismo ecológico, social e político – pela libertação animal e humana.

-
O bar novo da da Faculdade de Letras de Lisboa (Cidade Universitária), acolhe a partir de hoje e até sábado uma nova edição do Veganário Fest. Um festival que tem por objectivo “divulgar actividades e acções no âmbito do activismo ecológico, social e político.”

Sendo o único festival vegano no país, a ideia é criar um espaço onde se possam divulgar diferentes projectos e movimentos, tal como “partilhar experiências, ideias, filosofias e práticas: o que cada um de nós sabe fazer cozinhar, activismo, associativismo, cooperativismo, agricultura biológica, libertação animal e humana, artesanato, distribuidoras, musica, arte, coisas do faz tu mesm@... sempre que relacionadas com o tema do vegetarianismo ético.”

Haverá por isso petiscos, doces e jantares veganos, que mostram como é perfeitamente possível cozinhar sem fazer sofrer outros animais, conversas e debates sobre direitos dos animais e ecologia, bancas com material informativo, e ainda vários concertos: Ryan Harvey esta noite, Mário Trovador na sexta, e Albert Fish, Stevenseagal e Shape no sábado.

Os organizadores procuram sublinhar “a perspectiva ética activa e activista que subjaz ao veganismo, não deixando que este se traduza meramente na ideia de uma dieta alimentar.” O Veganário Fest será livre para qualquer pessoa interessada em participar, desde que exista respeito comum.

Direitos dos animais na actualidade

A cada segundo que passa, perto de dois mil animais são mortos para a nossa alimentação – a maioria no mundo ocidental. Muitos outros são explorados para testes, em circos, ou para a indústria das peles. Para muitos vegetarianos/veganos, a exploração animal continua a ser a maior das escravaturas. Para vários investigadores, não é mesmo possível compreender a dominação do homem pelo homem (e, historicamente, a exploração de escravos, pessoas de outras raças, mulheres, trabalhadores...) sem perceber a exploração das outras espécies animais pelo homem, como base da sociedade hierárquica. “Do ponto de vista dos animais, todos os homens são nazis”, dizia o filósofo Piter Singer.

Na verdade, o debate sobre a libertação animal não podia continuar mais actual. Com o neo-liberalismo e a imposição da sociedade de consumo segundo o modelo ocidental em todo o mundo, o consumo de carne está a aumentar drasticamente, desde o Brasil até à China. Por seu turno, no ocidente, o número de vegetarianos e veganos não pára de subir, sendo as “vegan society” um bom exemplo desse fenómeno que, não raras vezes, se trata de uma mera alteração de dieta, sem uma perspectiva crítica do modelo económico e da hierarquia – e que cria um novo nicho de mercado para as mesmas grandes empresas que continuam a explorar seres humanos e os outros animais. Finalmente, no actual contexto securitário e de protecção sem limites do capital, muitas acções pelos direitos dos animais têm sido etiquetadas como “terrorismo”, e a repressão a activistas atingiu proporções jamais vistas (vejam-se os chocantes exemplos nos EUA, em Espanha ou na Áustria).

A frase é atribuída a Ghandi e tantas vezes utilizada, mas teima não perder pertinência: “O grau de civilização de uma sociedade pode ser medido pela forma como trata os seus animais”.

http://pt.indymedia.org/conteudo/newswire/5670

Direitos do Leite da terra

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte poderá ser reproduzida, de forma alguma, sem a permissão formal por escrito do seu autor, excepto as citações incorporadas em artigos e ou postes com os devidos créditos